“Mobilidade elétrica tem um argumento de força: a urgência da descarbonização”, defendem especialistas

Uma das provas da relevância da mobilidade elétrica está refletida nos números das vendas de automóveis elétricos: “2,3 milhões de vendas até ao final deste ano” deste tipo de veículo, segundo Ryan Fisher da BloombergNEF.

Electric mobility was highlighted this Wednesday afternoon, at the “Portugal Smart Cities Summit 2020”, a summit that features Jornal Económico as a media partner, with the speakers defending its growing importance.

“Dez anos passados a mobilidade elétrica é uma realidade, os autocarros elétricos há em toda a parte”, garantiu Paulo Marques, diretor técnico da Caetano Bus recordando que a empresa “começou em 2010, portanto há dez anos, a apresentar os seus conceitos de mobilidade elétrica onde apresentamos o nosso primeiro modelo de autocarro elétrico”.

Na sua intervenção no debate “autocarros, frotas das empresas e o quilometro final para promover as cidades verdes”, Paulo Marques, que acredita que ainda “há muito para fazer” no que toca à mobilidade elétrica, contou que “em 2010 fomos os únicos construtores a apresentar um autocarro elétrico e nessa altura ninguém queria ouvir falar em autocarros elétricos”.

No mesmo debate, Massimo Senatore, diretor-geral da BMW Portugal, salientou a “queda forte, com a pandemia, da venda de automóveis enquanto os carros eletrificados continuaram a subir”.

“É um grande resultado porque a mobilidade elétrica está em curso, tem um argumento de força, que é a urgência da descarbonização”, explicou Massimo Senatore sublinhando que #além da poupança em termos de custos, conduzir um veiculo elétrico é um ato socialmente responsável”.

A popularidade dos veículos elétricos foi confirmada por Ryan Fisher, da BloombergNEF, antes do debate sobre as cidades verdes, que apontou para “2,3 milhões de vendas até ao final deste ano” deste tipo de veículo, estando a China a liderar a lista das transações seguida da Europa e da América do Norte. Na europa, no segundo trimestre do ano, o crescimento nas vendas dos carros elétricos foi de 10%.

Quanto à mobilidade elétrica, o projeto Mobi E, o administrador da EDP Comercial, António Coutinho defendeu a importância de “perspetivar um bocadinho como é que o modelo foi criado”, e relatou que “o modelo foi criado com uma lógica por antecipar o mercado, liderar o mercado criar um cluster que pudesse ser uma referência até mundial deste novo contexto e eu acho que neste contexto temos de pensar que se calhar não conseguimos fazer isso, o modelo hoje é único no mundo”.

“Temos tantos modelos de negócio que surgiram entretanto e que tornaram muita coisa possível e portanto a pergunta que se coloca é se faz sentido ver um modelo de hoje, que se pensou para a mobilidade, se está fit for purpose no atual contexto do setor”, destacou António Coutinho.

Ainda durante o debate acerca das cidades verdes, no evento da qual o Jornal Económico é media partner,  Teresa Manso, diretora comunicação e melhoria continua da DHL Express enalteceu o trabalho feito pelos municípios que têm “feito também iniciativas importantes desde logo o pacto para a mobilidade que foi lançado em 2019 pela Câmara Municipal de Lisboa e que a DHL aderiu.

“Também outra iniciativa que não posso deixar de referir é a aliança para a descarbonização dos transportes onde Portugal está presente assim como outros países, assim como também alguns municípios do norte do país também aqui junto a Lisboa e algumas empresas [como a] a DHL e a EDP”, assinalou Teresa Manso.

“Temos feito algum trabalho nesse sentido e trabalho interessante, mas ainda há muito realmente que é necessário fazer , as empresas de acordo com o seu contexto”, assumiu a diretora de comunicação da DHL Express.

Read more

Related

BMW believes in electric cars but warns: “Internal combustion engines are still decades old”

The BMW representative considered that the focus for the future should be on electric cars, without forgetting the investment in cars with combustion engines, which in 2025 will still represent 70% of sales.

“Electrification in transport is crucial”, guarantees Secretary of State for Mobility

Eduardo Pinheiro underlined the support that has been provided for the acquisition of electric cars, as well as the reinforcement of 50 million euros in the Transtejo fleet. Position was known on the second day of the “Portugal Smart Cities Summit 2020”, an event with “Jornal Económico” as a media partner.

"It is mandatory to insist on the objectives of the European Ecological Pact", says Secretary of State for the Environment

Inês dos Santos Costa said this Wednesday that political and business decision makers, scientists and students have a responsibility to defend an environmentally responsible and socially inclusive economic model. Statements made at the 'Portugal Smart Cities Summit 2020, which runs until Thursday at the Lisbon Congress Center and which has Jornal Económico as a media partner.
Recommended

Apple releases iPhone 12 with 5G

The American technological giant is presenting this Tuesday, at an event in California, the new mobile phones and equipment of the brand. Follow the launches here live.

PremiumPortugal to triple funds for climate action

Circular economy, electric mobility, telemedicine and water use were discussed at the summit of the cities of the future.

PremiumDirector-General of AIP: “Digital has enabled us to have visitors from all over the world”

The organization of fairs and conferences has been affected by the pandemic, but is resuming. The Portugal Smart Cities Summit was the first hybrid event of AIP, a 'special' edition with face-to-face or digital participation, says the director-general.
Comments