300 mil euros pela liberdade de Ángel María Villar

O juiz decretou que o presidente da Federação Espanhola de Futebol só poderá sair da prisão depois de pagar uma fiança de 300 mil euros.

O futebol espanhol tem sido motivo de várias notícias mediáticas, desde os jogadores aos representantes de mais alto cargo deste desporto.

O presidente da Federação Espanhola de Futebol foi preso depois ser acusado de uma série de crimes relacionados à organização de partidas internacionais ilegais.

Numa operação policial denominada ‘Soule’ em que prenderam Ángel María Villar foram também presos, o seu filho, Gorka Villar, o vice-presidente Juan Padrón e o secretário da federação e Ramón Hernández Bassou.

O juiz decretou hoje uma fiança de 300 mil euros para o responsável da federação recuperar a liberdade.

As autoridades espanholas acreditam que Villar e o seu filho usavam estas operações para benefício próprio, acabando por prejudicar os cofres da Federação Espanhola de Futebol.

Suspeitos de vários crimes como administração desleal, apropriação indevida, corrupção entre particulares, falsificação de documentos e ocultação de bens, as fianças vão desde os 150 mil aos 300 mil euros.

Ler mais
Relacionadas

Prisão preventiva para presidente da Federação Espanhola de Futebol (e sem fiança)

Angel Maria Villar vai ficar em prisão preventiva: a procuradoria anticorrupção espanhola pediu esta medida de coação para Villar e para o seu filho. Eventual prejuízo de cerca de 45 milhões de euros à Federação Espanhola de Futebol em causa.
Recomendadas

Bilhetes para o futebol estão mais caros em Itália. E a culpa é de um português

A claque da Juventus já apresentou várias queixas, e através de um comunicado, explicaram que vão aos jogos mas com desagrado, já que ver a ‘Vecchia Signora’ fora de casa custa 100 euros.

Já viu o Jogo Económico? De Gedson a Jovane: como potenciar os jovens talentos do futebol português

Nesta edição, debatemos como os clubes podem rentabilizar os jovens talentos do futebol português. João Marcelino, Luís Miguel Henrique e o convidado Luís Cristóvão, analista de futebol, dão a sua opinião sobre este tema.

Hoje há Jogo Económico. De Gedson a Jovane: como gerir as jovens estrelas do futebol português

Hoje, a partir das 21h00, no site do Jornal Económico, vamos debater como os clubes podem rentabilizar os jovens talentos do futebol português. João Marcelino, Luís Miguel Henrique e o convidado Luís Cristóvão, analista de futebol, dão a sua opinião sobre este tema.
Comentários