Capoulas Santos chamado ao Parlamento devido a demissão no Pinhal de Leiria

Requerimento do CDS-PP vem na sequência da demissão de Ricardo Vicente, membro especialista do Observatório do Pinhal do Rei, que criticou falta de empenho do Governo na recuperação da Mata Nacional de Leiria.

Cristina Bernardo

O CDS-PP entregou um pedido de audição urgente do ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Regional, Capoulas Santos, e de Ricardo Vicente, antigo membro especialista do Observatório do Pinhal do Rei (OPR). Em causa no pedido dos deputados centristas, entregue na sexta-feira ao presidente da Comissão Parlamentar da Agricultura e do Mar, estão os motivos da demissão de Vicente, o qual denunciou publicamente falta de empenho do Governo nos trabalhos de recuperação da Mata Nacional de Leiria, que ardeu praticamente por inteiro em outubro de 2017.

O requerimento apresentado pelos deputados Hélder Amaral, Ilda Novo e Patrícia Fonseca cita a carta de demissão de Ricardo Vicente, nomeadamente no que diz respeito à falta de reuniões do OPR desde dezembro de 2018, o que contraria o despacho ministerial que previa reuniões mensais.

O OPR foi criado para acompanhar os trabalhos de recuperação da Mata Nacional de Leiria, contribuir para o seu planeamento e proceder à divulgação regular dos trabalhos realizados, mas Ricardo Vicente critica o seu funcionamento. “Apesar de termos produzido um parecer muito relevante sobre o relatório da comissão científica (documento de extrema importância), considero que o Observatório não está a responder às suas principais responsabilidades”, escreveu, apontando problemas na coordenação e de falta de “vontade política” do Instituto Nacional de Conservação da Floresta.

Segundo Ricardo Vicente, “nem nos 10% que não arderam o Estado conseguiu garantir, através do Ministério da Agricultura, uma intervenção decente”. Além de que “na zona do pinhal que ardeu há uma progressão das plantas invasoras que dentro de alguns anos estarão prontas a arder num novo ciclo de fogo”.

”O CDS-PP considera que este é um assunto de extrema gravidade e, face a estas revelações, entende ser urgente e imprescindível obter todos os esclarecimentos”, lê-se no requerimento.

 

 

Ler mais
Recomendadas

Bolsonaro vem a Portugal no início de 2020

Jair Bolsonaro, deverá visitar Portugal no início de 2020, disse hoje, em entrevista à Lusa, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo.

Deputadas do PSD perdem imunidade parlamentar e são constituídas arguidas

Emília Cerqueira e Maria das Mercês Borges respondem em processos relacionados com o registo de falsas presenças de José Silvano e Feliciano Barreiras Duarte e José Silvano em reuniões plenárias da Assembleia da República.

Revisão do Código do Trabalho aprovada apenas com votos favoráveis do PS

As bancadas do BE, PCP e PEV votaram contra o diploma, justificando a sua posição com o facto de não se reverem no texto final que foi hoje a votos e que consideram ter normas que são uma cedência do PS aos partidos à direita e às confederações patronais.
Comentários