73% dos viajantes europeus não submetem pedidos de compensação após problemas com a bagagem

87% dos passageiros aéreos europeus não conhecem os seus direitos. Todos os anos 5 mil milhões de euros em compensações não são reivindicadas devido a perturbações em voos.

Cristina Bernardo

Cerca de 73% dos viajantes da Europa não submetem pedidos de compensação devido a perda, danos ou atraso da sua bagagem, revela um estudo avançado pela AirHelp. O estudo revela também que 87% dos passageiros aéreos europeus não conhecem os seus direitos e que, todos os anos, 5 mil milhões de euros em compensações não são reivindicadas devido a perturbações em voos.

A AirHelp, empresa especializada na defesa dos direitos dos passageiros aéreos e na obtenção de compensações por perturbações em voos, considerou mais de 7 mil entrevistas realizadas com viajantes europeus para perceber como estes exercem os seus direitos quando algo corre mal.

Os resultados mostram que 31% não pede compensação por acharem que não têm direito a tal, 26% admite não estar consciente acerca dos seus direitos e 24% não quer incomodar. Por outro lado, 65% dos passageiros que reclamam recebem a sua compensação.

De acordo com a Convenção de Montreal e a legislação portuguesa, cada passageiro pode ter direito a uma compensação de até cerca de 1.346 euros, no caso de bagagens despachadas. Essa compensação deve ser paga pelas companhias aéreas responsáveis.

”As companhias aéreas devem fazer esforços para educar os seus passageiros sobre os seus direitos. Concluímos que 73% dos viajantes europeus não submeteram pedidos de compensação devido a problemas com a bagagem, apesar de terem direito. Muitos viajantes desconhecem os seus direitos, ao abrigo da Convenção de Montreal, a qual foi ratificada por mais de 120 países, incluindo Portugal. Esta convenção protege os passageiros quando a sua bagagem sofre atrasos, é danificada ou perdida enquanto está ao cuidado das companhias aéreas”, comenta Bernardo Pinto, Brand Manager e porta-voz da AirHelp em Portugal.

Relacionadas

TAP suspende voos para Vigo, Corunha e Oviedo por falta de tripulantes

A TAP anunciou que vai suspender os voos para Vigo, Corunha e Oviedo, rotas operadas pela White ao serviço da TAP Express, a partir do próximo dia 28, face às dificuldades em contratar tripulantes.

Foi prejudicado pela falência da companhia Primera Air? Saiba como ser compensado

A companhia de aviação “low-cost” Primera Air declarou falência e deixa de voar a partir de hoje. Milhares de passageiros serão afetados na Europa, incluindo Portugal. Saiba o que deve fazer para ser compensado.

Portugueses preferem viajar para capitais europeias nas estações frias do ano

Grandes capitais europeias, como Londres e Paris, são os destinos eleitos pelos portugueses para as estações mais frias do ano.
Recomendadas

Transferências imediatas. Sabe o que são?

Com as transferências imediatas poderá, por exemplo, dividir a conta de restaurante com amigos, efetuar pagamentos de bens e serviços ou transferir dinheiro com urgência para um filho que se encontre no estrangeiro, de forma simples e imediata. Eis o que precisa de saber.

Taxas Euribor mantêm-se a três, seis e 12 meses

A Euribor a três meses manteve-se hoje pela 11.ª sessão consecutiva em -0,308%, contra o atual máximo desde julho registado pela primeira vez em 24 de janeiro (-0,306%) e o atual mínimo de sempre, de -0,332%, verificado pela primeira vez em 10 de abril de 2017.

Trabalha a recibos verdes? Amanhã é o último dia para pagar a contribuição de janeiro

Os trabalhadores independentes têm até ao dia 20 de fevereiro para pagar as contribuições de janeiro à Segurança Social.
Comentários