73% dos viajantes europeus não submetem pedidos de compensação após problemas com a bagagem

87% dos passageiros aéreos europeus não conhecem os seus direitos. Todos os anos 5 mil milhões de euros em compensações não são reivindicadas devido a perturbações em voos.

Cristina Bernardo

Cerca de 73% dos viajantes da Europa não submetem pedidos de compensação devido a perda, danos ou atraso da sua bagagem, revela um estudo avançado pela AirHelp. O estudo revela também que 87% dos passageiros aéreos europeus não conhecem os seus direitos e que, todos os anos, 5 mil milhões de euros em compensações não são reivindicadas devido a perturbações em voos.

A AirHelp, empresa especializada na defesa dos direitos dos passageiros aéreos e na obtenção de compensações por perturbações em voos, considerou mais de 7 mil entrevistas realizadas com viajantes europeus para perceber como estes exercem os seus direitos quando algo corre mal.

Os resultados mostram que 31% não pede compensação por acharem que não têm direito a tal, 26% admite não estar consciente acerca dos seus direitos e 24% não quer incomodar. Por outro lado, 65% dos passageiros que reclamam recebem a sua compensação.

De acordo com a Convenção de Montreal e a legislação portuguesa, cada passageiro pode ter direito a uma compensação de até cerca de 1.346 euros, no caso de bagagens despachadas. Essa compensação deve ser paga pelas companhias aéreas responsáveis.

”As companhias aéreas devem fazer esforços para educar os seus passageiros sobre os seus direitos. Concluímos que 73% dos viajantes europeus não submeteram pedidos de compensação devido a problemas com a bagagem, apesar de terem direito. Muitos viajantes desconhecem os seus direitos, ao abrigo da Convenção de Montreal, a qual foi ratificada por mais de 120 países, incluindo Portugal. Esta convenção protege os passageiros quando a sua bagagem sofre atrasos, é danificada ou perdida enquanto está ao cuidado das companhias aéreas”, comenta Bernardo Pinto, Brand Manager e porta-voz da AirHelp em Portugal.

Relacionadas

TAP suspende voos para Vigo, Corunha e Oviedo por falta de tripulantes

A TAP anunciou que vai suspender os voos para Vigo, Corunha e Oviedo, rotas operadas pela White ao serviço da TAP Express, a partir do próximo dia 28, face às dificuldades em contratar tripulantes.

Foi prejudicado pela falência da companhia Primera Air? Saiba como ser compensado

A companhia de aviação “low-cost” Primera Air declarou falência e deixa de voar a partir de hoje. Milhares de passageiros serão afetados na Europa, incluindo Portugal. Saiba o que deve fazer para ser compensado.

Portugueses preferem viajar para capitais europeias nas estações frias do ano

Grandes capitais europeias, como Londres e Paris, são os destinos eleitos pelos portugueses para as estações mais frias do ano.
Recomendadas

Economize: medidas de poupança de energia e melhores práticas no setor industrial português

A indústria tem apostado nas medidas de eficiência energética para redução de consumos e emissões de CO2, mas o setor tem agora novas oportunidades para aumentar o desempenho energético, hídrico e de circularidade de recursos.

Adoeceu ou teve um acidente fora de Portugal? Saiba como pode pagar as despesas

A chegada do Natal representa viajar para o estrangeiro para algumas famílias. Usar o seguro de saúde, o seguro de assistência em viagem do carro ou pedir o Cartão Europeu são soluções a equacionar no caso de ficar doente ou sofrer um acidente.

Tarifários de comunicações móveis para jovens com aumento de 62% em reclamações

Portal da Queixa verificou, em 2018, e até novembro, um aumento no número de reclamações dirigidas às operadoras de telecomunicações referentes aos tarifários jovens. O WTF da NOS registou maior número de queixas.
Comentários