“A Europa é o grande vencedor do Brexit”, afirma ministra alemã

Depois de muito se ter especulado sobre os efeitos negativos do Brexit, que poderia iniciar um processo de rutura do projeto europeu, o Governo alemão acredita agora que a saída do Reino Unido da União Europeia trará grandes progressos para a economia do bloco comunitário.

Stefan Wermuth/REUTERS

A ministra da Economia da Alemanha, Brigitte Zypries, afirmou esta quarta-feira que a Europa vai ser a grande vencedora das negociações do Brexit. Brigitte Zypries prevê um crescimento mais rápido e maior do que o previsto na Alemanha e em toda a Europa, impulsionado pela saída das empresas britânicas para o mercado único e pelo “espírito de reavivamento” do bloco europeu impulsionado pelo plano de reformas do presidente francês, Emmanuel Macron.

Depois de muito se ter especulado sobre os efeitos negativos do Brexit, que poderia iniciar um processo de rutura do projeto europeu, o Governo alemão acredita agora que a saída do Reino Unido da União Europeia trará grandes progressos para a economia do bloco comunitário. Brigitte Zypries acredita que a economia alemã possa vir a crescer 2% este ano e 1,9% no próximo e a tendência de crescimento se possa estender a outros países na Europa.

“A economia alemã está a ir no bom caminho. O próximo Governo deve garantir que este progresso continue”, declarou a ministra da Economia, Brigitte Zypries, ao apresentar as novas previsões de crescimento. “A situação económica alemã ganhou dinamismo e em escala e continuará nos próximos anos no caminho do crescimento”.

A ministra justificou este crescimento com o facto de “muitas empresas estarem a mover as suas operações do Reino Unido para a Alemanha” e o Brexit estar a abrir caminho para um “novo despertar político” em todo o continente europeu. “A Europa é o grande vencedor da saída do Reino Unido da União Europeia”, concluiu.

Recomendadas

Salzburgo: mais uma cimeira sem qualquer sucesso

Questão da imigração é cada vez mais fraturante nas cimeiras que juntam os chefes de Estado e governo da União Europeia. Mais uma vez, não foi possível qualquer acordo.

União Europeia quer organizar cimeira com a Liga Árabe

Questão da imigração estará no centro do eventual encontro entre as duas organizações. Passos nesse sentido irão ser dados no encontro informal de Salzburgo – que, ontem, não conseguiu qualquer desenvolvimento no debate sobre a matéria.

Espanha: PP exige ao governo socialista marcação de eleições

O país está envolvido numa guerra de currículos que está a minar os entendimentos políticos entre os partidos. A crise provocada pela moção de censura do PSOE parece a postos para continuar.
Comentários