À procura do liberal perfeito

Os que pensam de forma mais liberal deveriam tomar devida nota das prioridades e perceber que perante o quadro atual vale de muito pouco ir à procura do liberal perfeito.

Num artigo no “Observador”, Pinto dos Santos e André Alvim disferiram um forte ataque à Iniciativa Liberal (IL). Os autores, que se assumem como liberais, rejeitam votar no novo partido por considerarem que não respeita a dignidade humana e o direito à vida. Provavelmente a IL agradece, porque a sua grande batalha nesta fase é a da notoriedade.  A IL não tem aparecido nas sondagens e é de suspeitar que o objetivo não seja eleger um eurodeputado, mas percorrer o seu caminho e divulgar a sua mensagem.

Nas caixas de comentários e nas redes sociais começou uma “inesperada” discussão acerca do que é um verdadeiro liberal. Pois bem, haverá liberais mais ou menos minarquistas, mais ou menos “austríacos”, mais ou menos informados ou estruturados. Mas todos partilharão do mesmo desejo de maior liberdade, mais livre arbítrio, com menos impostos e certamente menor intervenção por parte do Estado, nomeadamente na economia.

Em eleições europeias, uma atitude liberal pode implicar defender uma Europa que privilegie o indivíduo, ajude a garantir as suas liberdades e a igualdade de oportunidades, mas repudiar uma Europa que controle, oprima e uniformize pessoas e empresas. Os que assim pensam poderiam tomar devida nota das prioridades e perceber que perante o quadro atual vale de muito pouco ir à procura do liberal perfeito.

Recomendadas

Produção total de petróleo da Arábia Saudita é retomada até final do mês

O ministro da Energia da Arábia Saudita, Abdulaziz bin Salman, disse, esta terça-feira, em conferência de imprensa, que a produção total de petróleo no país será retomada até ao final de setembro.

PSI 20 em baixa arrastado pelo BCP

O Millennium bcp liderou as perdas, caindo 3,97%, para 0,2055 euros. O Banco de Portugal e o Banco Central Europeu estão a analisar uma auditoria interna ao banco para sobre a contratação do ex-assessor de Manuel Pinho no Governo de José Sócrates.

À espera da Fed, Wall Street negoceia em queda ligeira

Reserva Federal norte-americana termina esta quarta-feira e os investidores esperam o anúncio de um novo corte na taxa de juro directora.
Comentários