Aboubakar ‘obrigou’ a investimento de 10,2 milhões de euros da SAD do FC Porto

Transferência investigada pelas autoridades francesas conheceu dois momentos: em 2014 e, mais recentemente, em no passado mês de outubro. No total, a SAD do FC Porto desembolsou mais de 10 milhões de euros pelo avançado.

A transferência do avançado camaronês Vincent Aboubakar do Lorient para o FC Porto obrigou os azuis e brancos a uma dupla operação dividida em três anos.

Em 2014, o avançado foi adquirido pela SAD do FC Porto por três milhões de euros. No entanto, o valor desembolsado pelos ‘dragões’ serviu apenas para adquirir 30% do passe do jogador.

A continuidade do avançado no plantel do FC Porto esta época chegou a estar em causa. Aboubakar esteve emprestado pelo FC Porto aos turcos do Besiktas e o clube turco chegou mesmo a entrar em negociações com o Lorient, então detentor de 60% do passe do atleta.

Em outubro de 2017, e impulsionado pelo excelente início de época do camaronês, o FC Porto fez um esforço financeiro e, mesmo sob a alçada da UEFA devido ao ‘fair play’ financeiro, investiu 7,2 milhões de euros nos 60% restantes, tendo ainda renovado o contrato com o atleta até 2021.