Acordo entre EUA e Reino Unido cairá caso o Brexit prejudique acordo de paz entre as Irlandas

A presidente da Câmara dos Representantes nos EUA garante que um acordo bilateral entre os dois países será bloqueado caso o Brexit comprometa o acordo de paz entre a Irlanda e a Irlanda do Norte.

Alex Wong / Getty Images

As probabilidade de ficar assinado um acordo comercial entre os EUA e o Reino Unido serão nulas se o Brexit  prejudicar o acordo de paz entre a Irlanda e a Irlanda do Norte, referiu a presidente da Câmara dos EUA, Nancy Pelosi.

“Seja de que maneira for, o Brexit não pode pôr em perigo o acordo de paz, incluindo a fronteira entre a Irlanda e a Irlanda do Norte”, cita o The Guardian o comunicado de Pelosi, esta quarta-feira.

A nota chega depois de John Bolton, conselheiro de segurança nacional de Donald Trump, ter afirmado durante uma visita a Londres, esta semana, que o Reino Unido poderia assinar vários acordos de livre comércio com os EUA entre setores antes de se chegar a um acordo mais abrangente como forma de ajudar o país britânico a precaver para as consequências de um Brexit sem acordo, que está agendado para 31 de outubro.

Bolton afirmou que os micro-negócios, focados em indústrias como o fabrico de carros, poderiam ser negociados rapidamente, e insistiu que receberiam o apoio bipartidário no Congresso. “O resultado final é um acordo abrangente de comércio que cubra todos os bens e serviços comerciais”, explicou ele. “Mas, para chegar a isso, será necessário fazer isso setor a setor, e de maneira modular. Por outras palavras, podem começar por restringir as áreas onde será possível chegar a um acordo bilateral direta e mais rapidamente”, afirmou.

Tanto os republicanos quanto os democratas no Congresso já avisaram que qualquer acordo comercial entre os EUA e o Reino Unido seria quase certamente bloqueado se o Brexit afetasse a fronteira irlandesa e pusesse em risco a paz na Irlanda do Norte .

A questão é importante porque pretende evitar uma fronteira física nos 500 quilómetros entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, a única fronteira terrestre entre a União Europeia e o Reino Unido, para garantir o respeito pelos acordos de paz de 1998 para a província britânica, que preveem a livre circulação de bens.

Ler mais
Recomendadas

Cabras sapadoras portuguesas em destaque no New York Times

O projeto-piloto do Governo, estreado o ano passado, mereceu destaque na publicação norte-americana. Existem perto de 11 mil cabras sapadoras em Portugal, e estão encarregues de quase três mil hectares das áreas mais vulneráveis aos incêndios.

Presidente francês recebe hoje Vladimir Putin

A poucos dias da cimeira do G7, Emmanuel Macron continua a sua escalada diplomática até ao topo da União Europeia. Mas os críticos consideram que o presidente francês está movimentar-se em terreno perigoso.

PremiumSobre o eterno amor entre os argentinos e o peronismo

A aventura ‘modernista’ de Mauricio Macri parece ter os dias contados. Mas a vizinhança liberal está a fazer tudo para reverter as primárias.
Comentários