Administração Pública da Madeira apresenta défice de 2,7 milhões de euros

Em setembro verificou-se um aumento na receita da Administração Pública da Madeira de 7,7% e uma quebra de 5% na despesa.

A Administração Pública da Madeira apresentou, em setembro, um défice de 2,7 milhões de euros, de acordo com o boletim da Direcção Regional do Orçamento e Finanças.

Em setembro verificou-se ainda um aumento de 7,7% na receita da Administração Pública da Madeira, que foi influenciada por uma subida de 13% na componente fiscal e pela quebra de 3,7% na receita vinda da componente não fiscal.

Na despesa existiu uma quebra de 5%, em setembro, que reflecte a descida no encargos com as SCUTS e com os Juros, e outras rubricas, devido à operação de reestruturação de swaps de empresas públicas da Região.

A educação e a área social representaram 56,4% da despesa da Administração Pública, com execuções orçamentais que chegaram aos 232,6 milhões de euros e aos 225,2 milhões de euros.

Esta despesa já inclui os contratos programas assinados pelo Serviço Regional de Saúde (SESARAM) e ainda as verbas referentes à construção do Novo Hospital da Madeira, diz o boletim.

Recomendadas

Schindler equipa Savoy Palace com os “mais rápidos” elevadores instalados pela empresa na Madeira

Os elevadores serão os mais rápidos instalados pela empresa na Madeira, diz a Schindler. O equipamento inclui tecnologia que permite melhorar o tempo de funcionamento e oferecer melhor comodidade.

Pedro Costa Neves põe possibilidade de “equilíbrio psíquico” que se perturbou de Rafael Macedo

“Acho lógico que haja uma suspensão para se chegar ao cerne da questão”, pois “a verdade dele pode não ser a verdade real”, diz o médico do Hospital da Luz.

Funchal recebe Fórum Regional de Autarquias Participativas

O objectivo do evento passa por criar espaços de debate e reflexão sobre democracia participativa e cidadã.
Comentários