Administração Pública da Madeira apresenta défice de 2,7 milhões de euros

Em setembro verificou-se um aumento na receita da Administração Pública da Madeira de 7,7% e uma quebra de 5% na despesa.

A Administração Pública da Madeira apresentou, em setembro, um défice de 2,7 milhões de euros, de acordo com o boletim da Direcção Regional do Orçamento e Finanças.

Em setembro verificou-se ainda um aumento de 7,7% na receita da Administração Pública da Madeira, que foi influenciada por uma subida de 13% na componente fiscal e pela quebra de 3,7% na receita vinda da componente não fiscal.

Na despesa existiu uma quebra de 5%, em setembro, que reflecte a descida no encargos com as SCUTS e com os Juros, e outras rubricas, devido à operação de reestruturação de swaps de empresas públicas da Região.

A educação e a área social representaram 56,4% da despesa da Administração Pública, com execuções orçamentais que chegaram aos 232,6 milhões de euros e aos 225,2 milhões de euros.

Esta despesa já inclui os contratos programas assinados pelo Serviço Regional de Saúde (SESARAM) e ainda as verbas referentes à construção do Novo Hospital da Madeira, diz o boletim.

Recomendadas

Taxa do crédito habitação sobe na Madeira para os 1,004%

O montante em dívida desceu para os 58 mil 247 euros no crédito à habitação mas a prestação média e a amortização subiram na Madeira.

JPP entrega em tribunal intimação contra Município do Funchal sobre Frente Mar

O JPP espera por documentos relativos à empresa pública Frente Mar Funchal, que acredita só chegarem agora por ordem do Tribunal.

Governo da Madeira cria linha de crédito até cinco milhões de euros para escolas profissionais

A linha de crédito vai ser para adiantar os fundos comunitários do Fundo Social Europeu fazendo com que as escolas profissionais equilibrem a sua tesouraria.
Comentários