Aeroporto de Lisboa com crescimento de 19% nos passageiros em 2017, o sexto maior da Europa

Dados revelados pelo Eurostat indicam que o aeroporto localizado em Lisboa obteve o sexto maior crescimento entre os restantes aeroportos da União Europeia.

Cristina Bernardo

O aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. registou o sexto maior crescimento entre os diversos aeroportos europeus no que toca ao número de passageiros no ano de 2017, num aumento de 18,8% face ao ano anterior, de acordo com os dados revelados pelo Eurostat esta quinta-feira.

À frente de Portugal surge o aeroporto de Sófia, na Bulgária, com um crescimento de 30%, Warszawa/Chopina, na Polónia (22,7%); Ljubljana/Brnik, na Eslovénia (19,8%), Luxemburgo que teve um crescimento de 19,1% e Lennart Meri Tallinn, na Estónia, que teve um aumento de 19%. No ano passado, cerca de um milhão de passageiros viajou de avião na União Europeia (UE), num aumento de 7% comparado com o período homólogo de 2016, de acordo com a informação divulgada pelo organismo de estatística da UE.

https://twitter.com/EU_Eurostat/status/1070618860552888322

Já em meados de janeiro a Vinci tinha avançado que o antigo aeroporto da Portela tinha fechado 2017 com um novo recorde passageiros, com um total de 26,670 milhões de passageiros, mais 18,8% que no ano precedente. O grupo francês que controla a gestora aeroportuária nacional disse que o crescimento verificado no ano passado no aeroporto de Lisboa foi de cerca de quatro milhões de passageiros a mais em relação a 2016, o mais relevante do conjunto dos aeroportos da ANA.

Em termos globais, os aeroportos da ANA registaram no ano passado um recorde global de 51,8 milhões de passageiros, passando pela primeira vez, mas de forma folgada, a barreira histórica dos 50 milhões de passageiros. Esta marca representou um aumento de 16,5% face ao número de passageiros alcançado em 2016. Além do aeroporto de Lisboa, todos os outros aeroportos do país registam recordes de tráfego anual e ultrapassaram pela primeira vez marcos simbólicos”, destaca um comunicado da Vinci Airports.

Recomendadas

Google suspende negócios com a Huawei após lista negra de Trump

A Huawei vai perder imediatamente acesso a atualizações do sistema operativo Android, e a próxima versão dos seus smartphones fora da China vai também perder acesso a aplicações e servios, incluindo o Google Play Store e o Gmail app.

Empresas do vinho do Porto satisfeitas com devolução de diploma sobre Casa do Douro

Criada em 1932 para defender os viticultores e a viticultura duriense na mais antiga região regulamentada e demarcada do mundo, a Casa do Douro foi perdendo atribuições até que a sua dimensão pública foi extinta em dezembro de 2014, no Governo PSD/CDS-PP, e a sua gestão entregue a uma organização privada, a Federação Renovação do Douro.

Cellnex e DST/Cube avançam para compra da fibra óptica da MEO

Há três candidatos que se preparam para avançar com propostas vinculativas para comprar a rede de fibra ótica da Meo. Entre eles a espanhola Cellnex e a DST em parceria com o Fundo Cube.
Comentários