Aeroporto Internacional Pablo Neruda: a proposta que está a gerar controvérsia no Chile

O aeroporto da capital chilena, por enquanto, ainda tem o nome de Comodoro Arturo Merino Benítez, considerado o pai da aviação no Chile. Acresce ainda, na contra-argumentação, que a mudança no nome acarreta custos financeiros ainda por apurar.

Pablo Neruda (esquerda) com Salvador Allende (direita) | Foto: Wikimedia Commons

A ideia é antiga mas, agora, que foi retomada no congresso chileno está a gerar controvérsia. Uma moção parlamentar que propõe nomear o aeroporto internacional de Santiago, capital do Chile, com o nome do poeta Pablo Neruda (1904-1973), Nobel da Literatura, levou grupos feministas a criticarem a ideia, alegando que o escritor teria um mau comportamento entre as mulheres, incluindo o abandono de uma filha doente e um episódio de abuso sexual relatado no livro póstumo de memórias do autor, “Confesso que Vivi”. Estes grupos de mulheres propõe, em contrapartida, o nome da poetisa e também Nobel da Literatura Gabriela Mistral.

Pablo Neruda é um dos intelectuais chilenos mais conhecidos em todo o mundo e o projeto de dar o seu nome ao aeroporto da capital remonta a 2011. No texto da moção parlamentar lê-se que“o grande poeta chileno é considerado um dos melhores e mais influentes do seu século, sendo chamado pelo romancista Gabriel García Márquez de o maior poeta do século XX em qualquer idioma” – o que para os proponentes é mais do que motivo para rebatizar o aeroporto. Mas, desde que a iniciativa foi retomada no mês de novembro, organizações feministas têm feito campanha contra a ideia, argumentando que tal daria uma má imagem do país.

A crítica de grupos feministas nasceu do polémico texto no livro “Confesso que Vivi”, onde Pablo Neruda relata como forçou uma jovem empregada doméstica a ter relaçõe sexuais com ele, duranta a sua estada em Ceilão (atual Sri Lanka), quando desempenhou um cargo de representação diplomática pelo Chile. Neruda conta que sentiu-se ignorado e que levou a jovem para o seu quarto para um encontro que considerou “como o de um homem e uma estátua”.

“Ela manteve os olhos bem abertos o tempo todo, completamente inconsciente”, lê-se no livro de memórias do autor publicado postumamente, em 1974.

De acordo com o “El País”, entre aqueles que criticam Neruda está a jornalista e deputada do Partido Humanista Pamela Jiles, que afirmou recentemente: “Os tempos não estão para homenagear um abusador de mulheres, que abandonou a filha doente e confessou um estupro, ainda menos como imagem do país”.

Jiles é uma das personalidades que defende, como alternativa, a atribuição do nome de Gabriela Mistral ao aeroporto.

Além da suposta agressão sexual, Neruda está marcado pela história da sua filha, Malva Marina. Segundo o jornal espanhol, a poetisa holandesa Hagan Peeters, relata, numa obra titulada de “Malva”, que a filha de Neruda nasceu em 1934 com hidrocefalia e morreu aos oito anos, abandonada pelo pai. A história foi divulgada em 2016 e nessa altura a Fundação Pablo Neruda, que conserva espólio e promove o legado literário do poeta chileno, defendeu a imagem do escritor.

Numa nota, então, divulgada, a Fundação Pablo Neruda afirma que “Neruda foi ver a filha na última vez que pôde fazê-lo, em 1939, na última viagem que pôde fazer à Europa, para embarcar os republicanos espanhóis no Winnipeg [nome do barco que levou numa só travessia mais de dois mil espanhóis exilados desde Espanha para a América do Sul, em 1939, durante a Guerra Civil espanhol”.

Atualmente, a controvérsia está no auge no Chile, embora ainda nada tenha sido decidido. Para nomear o aeroporto internacional de Santiago do Chile com o nome de Neruda, a proposta tem de ser aprovada no congresso. Isto é, primeiro terá de ser aprovada na Câmara dos Deputadas, a câmara baixa do congresso, e só depois subirá ao Senado, para apreciação e eventual aprovação.

O aeroporto da capital chilena, por enquanto, ainda tem o nome de Comodoro Arturo Merino Benítez, considerado o pai da aviação no Chile. Acresce ainda, na contra-argumentação, que a mudança no nome acarreta custos financeiros ainda por apurar.

Pablo Neruda foi uma importante figura intelectual e política no Chile, no século XX. Foi militante do partido comunista chileno, desempenhou o cargos diplomáticos e foi senador. Chegou a posicionar-se para uma corrida eleitoral à presidência do Chile, mas acabou por desistir em detrimento da candidatura de Slavador Allende.

 

 

Ler mais
Recomendadas

Respostas Rápidas: Como é que o Reino Unido chegou à crise em que se está a afundar?

Razões históricas mas também de política interna motivam uma situação que está a extremar-se para lá das mais radicais das previsões.

Avianca Brasil avança com pedido de “recuperação judicial” por causa das dívidas

Companhia aérea brasileira, detida por Germán Efromovich (concorrente derrotado na privatização da TAP em 2015), “está sob o risco de paralisar as suas operações e de devolver aeronaves”, noticia a “Exame”.

China poderá reduzir tarifas às importações de automóveis produzidos nos EUA

Avanço nas negociações entre os EUA e a China pode reforçar as tréguas comerciais que começaram no passado dia 1 e têm um prazo de 90 dias. Ações das grandes construtoras mundiais subiram. Vendas de automóveis no mercado chinês desaceleraram no segundo semestre do ano.
Comentários