Agências de viagens dizem que o “maior problema é a performance da TAP“

O presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) afirma que “o maior problema” que estas empresas enfrentam atualmente é a TAP.

“Neste momento, a TAP à cabeça tem uma ‘performance’ de pontualidade muito, muito desagradável”, afirma Pedro Costa Ferreira em declarações à Lusa, a propósito do 44.º Congresso Nacional da APAVT que começa hoje, em Ponta Delgada, nos Açores.

Em julho, de acordo com a OAG, uma empresa que trata dados relacionados com a indústria da aviação, a TAP tem uma pontualidade de 47%, o que coloca a transportadora portuguesa em 181º lugar, em 201 companhias avaliadas.

O  presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) afirma que “o maior problema” que estas empresas enfrentam atualmente é a TAP.

A verdade é que o ‘ranking’ da TAP de julho para setembro desceu de 181 para 186 em 198 companhias aéreas”, salienta Pedro Costa Ferreira.

A pontualidade será o facto mais importante para quem viaja em negócios e é um segmento “extremamente importante” para as agências de viagens, afirma o presidente da APAVT.

Em 15 de novembro, o presidente executivo (CEO) da TAP, Antonoaldo Neves, disse, em Vila Nova de Gaia, que os atrasos na TAP este ano custaram mais 40 milhões de euros do que em 2017.

Ler mais
Recomendadas

Aeronáutica, Espaço e Defesa valem entre 1,6 e 1,8 mil milhões

Estudo da consultora EY conclui que TAP, OGMA e Embraer valem cerca de 30% deste ‘cluster’, que já emprega em Portugal cerca de 14.700 pessoas.

Crédito Agrícola elege hoje novos órgãos sociais

A lista encabeçada por Licínio Pina é a única concorrente. O atual presidente está à frente dos destinos da Caixa Central de Crédito Agrícola desde 2013.

NASA e Agência Espacial Europeia em Ponte de Sor

O ‘cluster’ aeronáutico e aeroespacial agrupado no Portugal Air Summit 2019 vai ter o contributo das duas principais agências espaciais.
Comentários