Air France-KLM espera atingir um milhão de passageiros em 2019

A empresa aérea franco-neerlandesa vai prosseguir a sua estratégia de consolidação no mercado português, mantendo este inverno a mesma oferta que tinha disponível no período homólogo.

Cristina Bernardo

O grupo Air France-KLM espera vir a ultrapassar a fasquia de um milhão de passageiros transportados no próximo ano com as duas companhias. A empresa aérea franco-neerlandesa vai prosseguir a sua estratégia de consolidação no mercado português, mantendo este inverno a mesma oferta que tinha disponível no período homólogo.

Após um crescimento de 13% em capacidade de lugares-quilómetros em 2018, propõe aos clientes que viajam de Portugal uma extensa rede de 314 destinos em 116 países, em todos os continentes, com hubs em Paris-CDG e Amesterdão-Schiphol. A oferta deste inverno inclui mais 290 voos por semana semana, para 22 rotas, fruto de um aprofundamento da oferta em conjunto com a Delta Air Lines.

Boris Darceaux, diretor-geral da Air France-KLM para Espanha e Portugal, sublinha que “Portugal é um mercado-chave para o Grupo Air France-KLM no Sul da Europa”. “O Grupo tem acompanhado o crescimento turístico e comercial do país nos últimos anos. Após um forte crescimento de 37% na oferta o passado Inverno, o Grupo mantém a sua oferta durante a presente época, esperando atingir um milhão de passageiros em Portugal em 2019”, afirma.

Oferta da Air France-KLM em Portugal no Inverno 2018-19:

A partir de Lisboa

  • Amesterdão-Schiphol: 14 voos semanais com a KLM e 7 com a Transavia;
  • Paris-Charles de Gaulle: 28 voos semanais com a Joon;
  • Eindhoven: 3 voos semanais com a Transavia;
  • Nova Iorque-JFK: 5 voos semanais com a Delta Air Lines (novo no Inverno);
  • Lyon: 3 voos semanais com a Transavia;
  • Nantes: 6 voos semanais com a Transavia;
  • Paris-Orly: 21 voos semanais com a Transavia;
  • Roterdão: 2 voos semanais com a Transavia.

A partir de Porto

  • Amesterdão-Schiphol: 7 voos semanais com a KLM e 6 com a Transavia;
  • Paris-Charles de Gaulle: 3 voos semanais com a Joon;
  • Lyon: 3 voos semanais com a Transavia;
  • Nantes: 4 voos semanais com a Transavia;
  • Paris-Orly: 31 voos semanais com a Transavia.

A partir de Faro

  • Amesterdão-Schiphol: 9 voos semanais com a Transavia;
  • Eindhoven: 3 voos semanais com a Transavia;
  • Nantes: 2 voos semanais com a Transavia;
  • Paris-Orly: 5 voos semanais com a Transavia;
  • Roterdão: 8 voos semanais com a Transavia.

A partir do Funchal

  • Amesterdão-Schiphol: 4 voos semanais com a Transavia;
  • Lyon: 1 voo semanal com a Transavia;
  • Nantes: 1 voos semanais com a Transavia;
  • Paris-Orly: 8 voos semanais com a Transavia.
Ler mais
Relacionadas

Air France e Booking anunciam nova parceria

Os clientes do grupo de aviação podem, a partir de agora, reservar ‘online’ hotéis e alojamentos mais facilmente com o Boking.com via uma página dedicada no ‘site’ da Air France.

A sua bagagem de mão tem o tamanho certo para ir no avião? App da KLM responde

A KLM Royal Dutch Airlines criou uma aplicação que utiliza a Realidade Aumentada e permite ao passageiro verificar em casa se a sua bagagem cumpre os requisitos pedidos para evitar stress no aeroporto.
Recomendadas

Vem aí a nova sociedade que vai controlar a “TSF”, o “DN” e o “Jornal de Notícias”

Os credores da Controlinveste, Millennium bcp e Novo Banco, acordaram o lançamento de uma nova sociedade que reúne as participações detidas pelas empresas de Joaquim Oliveira na Global Media, cuja posterior venda permitirá que os bancos presididos por Miguel Maya e António Ramalho possam recuperar parte dos 548 milhões de euros perdidos na Controlinveste

Governos ignoraram alerta do ROC sobre risco de “fraudes” na Caixa

BdP, banco e tutela não deram a devida atenção a alerta, em 2007, para o risco de“fraudes e erros” sem serem detectados devido a “limitações” no controlo interno em áreas como a concessão de crédito.

Dono da Toys “R” Us Iberia quer entrar na bolsa de Paris

A portuguesa Green Swan, do investidor Paulo Andrez, é um dos principais ‘players’ do mercado europeu de brinquedos e, em 2018, faturou uma média de um milhão de euros por dia. Se atingir os 500 milhões anuais tenciona entrar na bolsa de Paris.
Comentários