Albuquerque: Binter poderá não estar a voar porque a República não finalizou o contrato com a companhia

Madeira já pediu informações sobre o contrato de concessão à Binter que, segundo o presidente do Governo, poderá estar ainda no Tribunal Constitucional.

O presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, disse esta sexta-feira que a Binter poderá não estar a voar para o Porto Santo por causa de uma atraso na celebração do contrato por parte do Governo da República.

“Penso que o ajuste direto acabou na quarta feira e que a companhia sem o contrato na mão estava relutante em voar. Neste momento, temos esta situação desastrosa: já foram cancelados 12 voos e ninguém comunica nada a ninguém”, afirmou Albuquerque.

O líder do Executivo madeirense adianta ter pedido informações sobre as condições da concessão à companhia aérea espanhola. “Ao que parece o contrato ainda está no Tribunal Constitucional”, declarou.

Albuquerque lamenta a falta de resposta, quer da Binter, quer do ministro do Planeamento, Pedro Marques, a uma carta enviada na quarta-feira, onde eram pedidas explicações sobre os cancelamentos.

“Mais um vez o Governo da República foi negligente. Abriu o concurso muito tarde, apesar de termos fornecido os elementos necessários à abertura do concurso em 2016, foram adiando… esta é mais  mais uma demonstração de como este Governo trata a Madeira”, lamentou.

Relacionadas

Oposição junta-se ao Governo nas críticas à Binter e ao ministro do Planeamento

CDS diz que o silêncio de Pedro Marques em relação aos cancelamentos da Binter é “intolerável”; PS vai apresentar um pedido de audição aos responsáveis pela empresa espanhola.

Câmara do Porto Santo condena falta de informação e cancelamentos da Binter

Autarquia vai pedir uma audiência” ao ministro do Planeamento e das Infraestruturas”.

12 pessoas retidas na Madeira, entre elas crianças e idosos “sem medicação”

PSD está a tentar viabilizar viagens no Lobo Marinho mas só há lugares para a manhã. “Silêncio ensurdecedor” da Binter e do Governo da República causa revolta .

Madeira considera “inadmissível” falta de informação sobre cancelamento de voos para Porto Santo

Executivo Regional vai pedir para ter acesso ao contrato e aos termos da concessão da linha aérea entre as ilhas e vai “reforçar” a sua atuação no sentido de que os passageiros sejam “protegidos e ressarcidos dos danos”.

Transportes preocupam ‘Mais Porto Santo’

Movimento reivindica uma atitude mais proativa da Direção Regional para a Administração Pública do Porto Santo em realação à Binter e à Naviera Armas.

Binter cancelou voo para o Porto Santo mas seguiu para Canárias

Companhia alega condições climatéricas, mas não há registo de outros cancelamentos no Aeroporto da Madeira.
Recomendadas

Governo da Madeira atribui 452 mil euros à Ribeira Brava para apoio a reconstrução

A verba vai para apoio à reconstrução da rede de águas pluviais na Rua de São Bento e no Largo do Herédias.

Crescimento desordenado de camas na Madeira preocupa diretor executivo do Savoy

A preocupação foi manifestado durante o Fórum do Turismo um iniciativa que juntou investigadores e empresas ligadas à área turística.

Investigador defende adaptação do produto turístico da Madeira às necessidades dos turistas

O investigador do Centro de Investigação e Turismo falava sobre a quebra que tem existido nos principais mercados turísticos da Madeira. “Há razões para as quebras no mercado alemão, inglês e holandês como a falência de algumas companhias áreas “, referiu Élvio Camacho.
Comentários