Albuquerque destaca Centro de Atividades Ocupacionais da Tabua como importante obra de apoio social

O governante disse que uma sociedade civilizada é também medida pelo apoio que presta aos seus cidadãos mais vulneráveis. Miguel Albuquerque disse ainda que em outubro vai ser aberto um concurso para para mais uma obra de canalização na Ribeira da Tabua com o intuito de dar mais segurança à população daquela zona.

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, inaugurou esta terça-feira, o Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) da Tabua, na Ribeira Brava. Na ocasião o governante destacou a relevante e significativa importância desta instituição no apoio aos mais vulneráveis.

“Se é algo como madeirense que tenho orgulho é termos 11 CAO organizados que prestam excelente serviço a quem necessita”, defendeu o governante durante a inauguração das obras de beneficiação do CAO da tabua.

A existência dos CAO, sublinhou o governante “é um símbolo” da nossa civilização acrescentando que uma sociedade civilizada é também medida pelo apoio que presta aos seus cidadãos mais vulneráveis.

Albuquerque salientou que o CAO da Tabua faz parte dos investimentos do Governo Regional na localidade onde também se inclui a canalização da Ribeira da Tabua que custou um milhão de euros.

Em outubro, anunciou o líder do executivo madeirense, vai ser aberto o concurso para mais uma obra de canalização da Ribeira da Tabua no sentido de dar “mais segurança” à população da zona.

Recomendadas

Documentário sobre diáspora portuguesa no Havai vai ter estreia nacional na Madeira

O realizador Ponta-Garça referiu também que já está a trabalhar na produção do próximo documentário, um filme mais abrangente que deverá estar pronto em 2020 e se vai debruçar sobre os portugueses em todos os Estados Unidos da América.

Assembleia da Madeira regressa ao trabalho com Venezuela e Zona Franca na agenda

As sessões plenárias da Assembleia Legislativa da Madeira regressam esta terça-feira. O PSD vai apresentar uma recomendação ao governo central para que agilize a concessão de autorizações de residência temporárias aos oriundos da Venezuela devido a razões humanitárias.

Juventude Popular da Madeira promove primeira escola da quadros

A escola de quadros realiza-se a 28 e 29 de abril e terá como diretor José Manuel Rodrigues, deputado do CDS-PP na Assembleia Legislativa da Madeira.
Comentários