Albuquerque destaca Centro de Atividades Ocupacionais da Tabua como importante obra de apoio social

O governante disse que uma sociedade civilizada é também medida pelo apoio que presta aos seus cidadãos mais vulneráveis. Miguel Albuquerque disse ainda que em outubro vai ser aberto um concurso para para mais uma obra de canalização na Ribeira da Tabua com o intuito de dar mais segurança à população daquela zona.

O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, inaugurou esta terça-feira, o Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) da Tabua, na Ribeira Brava. Na ocasião o governante destacou a relevante e significativa importância desta instituição no apoio aos mais vulneráveis.

“Se é algo como madeirense que tenho orgulho é termos 11 CAO organizados que prestam excelente serviço a quem necessita”, defendeu o governante durante a inauguração das obras de beneficiação do CAO da tabua.

A existência dos CAO, sublinhou o governante “é um símbolo” da nossa civilização acrescentando que uma sociedade civilizada é também medida pelo apoio que presta aos seus cidadãos mais vulneráveis.

Albuquerque salientou que o CAO da Tabua faz parte dos investimentos do Governo Regional na localidade onde também se inclui a canalização da Ribeira da Tabua que custou um milhão de euros.

Em outubro, anunciou o líder do executivo madeirense, vai ser aberto o concurso para mais uma obra de canalização da Ribeira da Tabua no sentido de dar “mais segurança” à população da zona.

Recomendadas

Funchal: O que precisa de saber sobre as bolsas de estudo do ensino superior

Já foram efetuadas 606 candidaturas às bolsas de estudo universitárias atribuídas pela Câmara Municipal do Funchal. Este apoio está disponível para quem tem residência no município e estuda na Madeira, Continente, Açores, ou no Estrangeiro. Está orçamentada uma verba de 1,4 milhões de euros.

Músico de Inglaterra recupera obras de Mozart no Madeira Piano Fest

No reportório do concerto está ainda prevista a interpretação de obras que são de Schubert, Debussy, Scriabin, Messiaen. O espetáculo realiza-se este domingo a partir das 18h00 no Teatro Municipal Baltazar Dias.

Orquestra Clássica celebra centenário do armistício de Compiègne

O concerto realiza-se este sábado na Assembleia legislativa da Madeira. O armistício de Compiègne foi um tratado assinado entre os Aliados e Alemanha, que acabou por encerrar a primeira grande guerra mundial.
Comentários