Alerta da polícia alemã: se receber muita Nutella e ovos Kinder desconfie

Em causa está um assalto a chocolates, que aconteceu no fim de semana, no valor de 70 mil euros.

Não é Páscoa, não é Natal e nem é a época de maiores vendas de chocolate. No entanto, a Nutella e os ovos Kinder caem bem no estômago (ou no bolso) em qualquer época do ano. Pelo menos, foi o que achou o grupo de assaltantes de um reboque refrigerador carregado de doces, que desapareceu da cidade de Neustadt, na Alemanha.

A polícia alemã lançou na segunda, 14 de agosto, um apelo à divulgação de informações sobre o assalto, que terá ocorrido no passado sábado. “Qualquer um a quem sejam oferecidas grandes quantidades de chocolate através de meios não convencionais deve denunciar e reportar imediatamente à polícia”, explicaram as autoridades, em comunicado.

O transporte estava carregado de Nutella, ovos Kinder Surpresa e outras guloseimas de chocolate, como amêndoas de fruta e chocolate Valparaíso, de acordo com o porta-voz da polícia alemã, Martin Ahlich. Acredita-se que a carga roubada tenha o valor de 70 mil euros.

“Ainda não é certo eles estavam atrás dos doces ou do reboque refrigerador – neste momento, não sabemos qual era o motivo deles”, sublinhou o responsável das autoridades, em declarações divulgadas pela radiodifusora local Deutsche Welle.

Relacionadas

Chocolates estão a encolher no Reino Unido (mas os preços não baixam)

Embora as mudanças de peso tenham ocorrido com maior frequência em produtos alimentícios, outro tipo de artigos estão a ser vendidos em pacotes menores, alerta a entidade nacional de estatísticas.

Três milhões de euros em dois dias pela permanência do chocolate na Nova Zelândia

Uma campanha de financiamento coletivo para impedir o fim da produção de chocolate na Nova Zelândia já arrecadou em apenas dois dias cerca de 3,3 milhões de dólares neozelandeses (2,2 milhões de euros).
Recomendadas

Pedidos de habitação social em Lisboa atingem máximo de oito anos

Segundo dados da autarquia, vivem nos bairros municipais “cerca de 75 mil pessoas”, o que corresponde a “mais de 15% da população da cidade”. Na cidade do Porto existem mais de mil pedidos por satisfazer.

Táxis: Taxistas insistem que mantêm protesto até serem recebidos pelo Governo

Os taxistas continuam este sábado parados, pelo quarto dia consecutivo, e determinados a manter o seu protesto até serem recebidos pelo Governo, disse hoje Florêncio Almeida, da Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros de Passageiros (ANTRAL).

Diretor artístico do Museu de Serralves apresenta demissão

O diretor artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, apresentou na sexta-feira a sua demissão porque “já não tinha condições para continuar à frente da instituição”, segundo disse o próprio ao jornal Público.
Comentários