Altice Portugal vai buscar novo administrador para segmento empresarial à Nos

Nuno Nunes entra nos quadros da comissão executiva para o lugar de administrador executivo para o segmento empresarial, cargo ocupado até terça-feira, 3 de setembro, por João Sousa, que deixou a ‘telecom’ para assumir o cargo de vogal do Conselho de Administração e da Comissão Executiva dos CTT.

Após a saída de João Sousa, no seguimento da anunciada reorganização para o segmento empresarial, a Altice Portugal foi à concorrente Nos recrutar Nuno Nunes para o lugar de administrador para o segmento empresarial (Chief Sales Officer para B2B), foi esta sexta-feira, 6 de setembro, anunciado.

Nuno Nunes, 49 anos, vai encabeçar uma nova liderança no segmento que está na alçada da PT Empresas, sendo-lhe confiada a missão de “revitalização de serviços empresariais, alinhados com as áreas de inovação, tecnologia e investigação, bem como com uma nova política de aposta no território, também ela dirigida às pequenas e médias empresas, em que a proximidade, a satisfação do cliente e a qualidade de serviço serão chave”.

“Foi com uma enorme satisfação e sentido de responsabilidade que aceitei o convite para integrar a equipa de gestão da Altice Portugal, afirma Nuno Nunes, citado no comunicado da Altice Portugal. Para o novo Chief Sales Officer para B2B,  “é possível garantir o crescimento” do prejeto da telecom liderada por Alexandre Fonseca no segmento empresarial.

Nuno Nunes conta com uma experiência profissional de quase duas décadas no setor das telecomunicações. Antes de chegar à comissão executiva da Altice Portugal, Nunes desempenhava funções na Nos e, anteriormente, foi diretor comercial corporate da Onitelecom, onde se cruzou com Alexandre Fonseca, atual presidente executivo da Altice Portugal. É licenciado em Engenharia Eletrónica e Telecomunicações pelo ISEL e pós-graduado em Leadership&Management pelo ISEG.

Recomendadas

Covid-19: ‘Chef’ Vítor Sobral vai “acender uma velinha a Nossa Senhora de Fátima” para pagar salários

O Grupo Quina emprega cerca de 120 funcionários. Dois restaurantes foram encerrados, outros dois estão a funcionar em regime de ‘take away’, assim como as padarias. Vítor Sobral garante salários neste mês de março, mas não sabe como será no mês de abril.

Novo Banco vende “Rei dos Cogumelos” em plena crise

O Novo Banco, maior credor do grupo Sousacamp, com 49% dos créditos, acordou a venda do maior produtor ibérico de cogumelos ao Core Capital.

Covid-19: Kaeser garante assistência a equipamentos de ar comprimido de hospitais e da indústria

Além de cerca de três mil empresas do setor industrial, em Portugal a Kaeser trabalha com hospitais como o Grupo Trofa Saúde, Hospital Santo António, Hospital de Braga, Hospital de Santa Maria, Hospital de Gaia, Hospitais de Coimbra, Hospitais Lusíadas e Fundação Champalimaud.
Comentários