Amanhã há greve nos comboios. Este site envia-lhe notificações sobre atrasos e cancelamentos

Quantas vezes correu para apanhar um comboio que se atrasou? Quanto tempo esperou pelos serviços mínimos das inúmeras greves de comboios? O novo “Suprimidos.pt” permite acompanhar em tempo real os comboios suprimidos e atrasados.

Rafael Marchante/Reuters

Se está cansado de esperar por comboios atrasados ou correr para apanhar um que foi suprimido, ficando (quase) sempre sem saber se vai chegar a tempo ao trabalho ou às aulas, então, esta pode ser a solução para si – pelo menos, para saber se tem de sair de casa mais cedo ou se, pelo contrário, pode ficar mais algum tempo na cama.

A nova plataforma Suprimidos.pt quer mudar a vida de milhares de pessoas que, diariamente, dependem dos comboios como meio de transporte para se deslocarem entre casa e o trabalho. Este site que permite-lhe acompanhar em tempo real quais os comboios que foram suprimidos e os que estão atrasados devido a perturbações na linha, plenários de colaboradores, protestos de funcionários, por exemplo.

A ferramenta para utilizadores da ferrovia nacional foi criada pelo fundador do Fogos.pt, que lança hoje a plataforma que o notifica em tempo real as supressões e atrasos, antecedendo uma nova greve dos comboios. A plataforma recolhe a informação do website das Infraestruturas de Portugal (IP) e disponibiliza de imediato no website e através de notificações.

O código do Suprimidos.pt está em open source, estando aberto a qualquer pessoa que se queira juntar à causa. O site desenvolveu também uma aplicação disponível para Android e, em breve, iOS.

Relacionadas

Greve dos comboios é esta sexta-feira e sem serviços mínimos

Hoje, a CP alertou para “fortes perturbações” na circulação de comboios na sexta-feira, devido à greve, prevendo supressões a nível nacional em todos os serviços.

Vai usar o comboio esta sexta-feira? Prepare-se para “fortes perturbações” e “supressões”

A transportadora refere que “não serão disponibilizados transportes alternativos” e que, “caso venham a ser definidos serviços mínimos pelo Tribunal Arbitral nomeado pelo Conselho Económico e Social”, atualizará a informação prestada aos passageiros.

Atrasos de voos na Europa: 2018 já está a ser o pior ano da década

Um estudo recente da consultora PriceWaterhouseCoopers (PwC), estima que o custo económico das greves de controladores aéreos na Europa entre 2010 e 2017 se tenha cifrado em 13,4 mil milhões de euros, continuando a crescer no presente ano.
Recomendadas

Veja os países da União Europeia onde os preços das casas mais subiram em 2018

Segundo o Eurostat, Portugal foi o país da União Europeia onde se verificou uma maior subida dos preços da habitação no ano passado.

Consultar o livrete dos carros vai passar a ser mais fácil. Conheça o novo Documento Único Automóvel

O novo DUA entra em vigor em 01 de agosto e aplica-se, numa primeira fase, a novas matrículas, e em 2020 a todos os veículos.

Governo estima atribuir 156 mil novas pensões este ano

Os dados foram avançados por Mário Centeno na Comissão do Trabalho e da Segurança Social, em resposta a críticas dos deputados sobre atrasos na atribuição de pensões.
Comentários