Anacom e UEFA já preparam a final four da Liga das Nações

No início deste mês, a UEFA reuniu com a Anacom para iniciar a preparação dos pedidos de licenças necessárias à utilização de frequências, imprescindíveis para a realização do evento e para a sua transmissão televisiva para diversos países.

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) e a UEFA já se encontram a trabalhar para a preparação da final four da Liga das Nações, que será realizada no Porto e em Guimarães, entre 5 e 9 de junho.

Segundo o comunicado da Anacom, no início deste mês a UEFA reuniu com a entidade em Lisboa, para “começar a preparar os pedidos de licenças necessárias à utilização de frequências, imprescindíveis para a realização do evento e para a sua transmissão televisiva para diversos países”.

A Anacom estará também no terreno para monitorizar o espectro radioelétrico, e garantir assim, que “as redes e estações de radiocomunicações operam sem interferências prejudiciais à realização do evento”.

A entidade assume que a “ausência de interferências é fundamental para o sucesso deste evento de dimensão internacional no qual existe uma elevada concentração de ‘meios rádio’, nomeadamente dezenas de microfones sem fios e de auxiliares de monitorização auditiva (in-ears), emissores-recetores (walkie-talkies) para coordenação e gestão de operações, câmaras de vídeo sem fios, bem como as comunicações por satélite, de modo a que a transmissão do evento possa chegar aos vários países”.

Em qualquer uma destas situações a Anacom afirma que “é fundamental assegurar a correta utilização do espectro, sem constrangimentos e interferências, para que tudo possa funcionar nas melhores condições”.

Recomendadas

David Goffin recebe último ‘wild card’ para participar no Millennium Estoril Open

Antigo número 7 do mundo, o belga Goffin ocupa atualmente a 22º posição no ranking da ATP.

Conselho Fiscal do Sporting abre inquérito face às conclusões da auditoria

O Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting abriu esta quarta-feira um procedimento de inquérito prévio face à gravidade dos factos constantes nos dois relatórios da auditoria de gestão relativos ao período de junho de 2013 a junho de 2018.

‘Show’ de Senna no Estoril foi há 34 anos

O icónico capacete amarelo esteve sempre na liderança durante as 67 voltas do grande prémio do Estoril, , estreando-se no lugar mais alto do pódio. Foi a primeira de muitas, o resto é história – 41 vitórias, 65 pole positions e 3 campeonatos do mundo.
Comentários