Angola e Portugal vão pôr fim à dupla tributação

A convenção entre os dois países será anunciada durante a visita do primeiro-ministro, António Costa, entre 17 e 18 de setembro, a Angola.

Os governos de Angola e Portugal devem assinar na próxima semana uma convenção destinada a colocar um ponto final na dupla tributação entre os dois países. De acordo com o “Jornal de Negócios”, este anúncio será feito durante a visita de Estado do primeiro-ministro português, António Costa, a Angola, entre 17 e 18 de setembro.

Esta é uma medida há muito reclamada pelos empresários, que são penalizados pelo facto de um mesmo rendimento ser taxado duas vezes, e que é visto também como um sinal claro do desanuviamento das relações bilaterais.

Ao “Jornal de Negócios” o Ministério das Finanças não comentou este entendimento nem confirmou a assinatura da convenção durante a viagem de António Costa a Luanda, no qual será acompanhado por Ricardo Mourinho Félix, secretário de Estado Adjunto e das Finanças.

Recomendadas

Teodora Cardoso: “Não podemos pensar em reduzir impostos”

Em entrevista à ‘Antena 1’ e ao ‘Jornal de Negócios’, Teodora Cardoso disse: “penso que no estado em que estão as coisas, não podemos pensar muito em reduzir impostos”.

Quintela e Penalva com vendas de 94 milhões no primeiro semestre

Imobiliária especializada na venda e arrendamento de imóveis de luxo registou 134 negócios. A área residencial, cujo valor médio por transação é de 70 milhões de euros representou 71% das transações.

Ainda não abasteceu? Espere por amanhã: preços da gasolina e do gasóleo descem

O gasóleo irá cair 0,5 cêntimos, enquanto a gasolina vai descer 1,5 cêntimos, refletindo as cotações médias dos combustíveis nos mercados internacionais, de acordo com fontes do setor contactadas pelo Jornal Económico.
Comentários