Angola e Portugal vão pôr fim à dupla tributação

A convenção entre os dois países será anunciada durante a visita do primeiro-ministro, António Costa, entre 17 e 18 de setembro, a Angola.

Os governos de Angola e Portugal devem assinar na próxima semana uma convenção destinada a colocar um ponto final na dupla tributação entre os dois países. De acordo com o “Jornal de Negócios”, este anúncio será feito durante a visita de Estado do primeiro-ministro português, António Costa, a Angola, entre 17 e 18 de setembro.

Esta é uma medida há muito reclamada pelos empresários, que são penalizados pelo facto de um mesmo rendimento ser taxado duas vezes, e que é visto também como um sinal claro do desanuviamento das relações bilaterais.

Ao “Jornal de Negócios” o Ministério das Finanças não comentou este entendimento nem confirmou a assinatura da convenção durante a viagem de António Costa a Luanda, no qual será acompanhado por Ricardo Mourinho Félix, secretário de Estado Adjunto e das Finanças.

Recomendadas

Governo ouve portugueses sobre desafios na África do Sul

José Luís Carneiro disse à agência Lusa que, na terceira visita à África do Sul, de hoje a sábado e na segunda-feira, “o primeiro grande objetivo é a auscultação dos representantes de todos os movimentos culturais, sociais e económicos na África do Sul, dado que o país vive também desafios importantes”.

Leia aqui o Jornal Económico desta semana

Leia todas as edições do Jornal Económico, na plataforma JE Leitor. Aproveite as nossas ofertas para assinar o Jornal Económico. Apoie o jornalismo independente.

Sindicato dos estivadores recusa reunir com o Governo

O Sindicato dos Estivadores Conferentes e Tráfego dos Portos do Douro e Leixões recusa-se a comparecer na reunião desta quinta-feira com a ministra do Mar, em Matosinhos, que diz servir para tentar um acordo com outro sindicato.
Comentários