António Costa evoca memória de Soares e Arnaut,”pai e mãe” do SNS

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou que hoje é “um dia muito especial” e evocou a memória de Mário Soares e António Arnaut, “o pai e a mãe do Serviço Nacional de Saúde”, nascido há 40 anos.

Arménio Belo/Lusa

“Hoje é um dia muito especial porque faz hoje 40 anos que nasceu o Serviço Nacional de Saúde [SNS] e essa é uma conquista que honra profundamente a história do PS e aqueles que já governaram em nosso nome e que, infelizmente, já nos deixaram”, afirmou o líder socialista.

Num almoço comício em Évora, António Costa centrou o seu discurso na Saúde e frisou que, “nestes 40 anos, não é possível deixar de evocar a memória de Mário Soares e de António Arnaut, que foram o pai e a mãe do SNS”.

Considerando que o SNS foi “a maior conquista dos portugueses no pós-25 de abril”, o líder do PS afirmou também, perante os militantes e simpatizantes do partido que encheram o Monte Alentejano, na cidade de Évora, que “a maior vitória do SNS é hoje ser consensual em toda a sociedade portuguesa”.

“Foi seguramente o avanço mais importante no Estado social, na proteção e na garantia de cuidados de Saúde a todas e a todos os portugueses”, afirmou, lembrando, contudo, que “não foi assim”, há 40 anos: “Houve aqueles que estiveram contra o SNS, houve aqueles que estiveram a favor e houve, sobretudo, o PS, que fez e criou o SNS”.

Relacionadas

Costa quer Portugal a crescer mais que média europeia

O secretário-geral do PS traçou o objetivo de Portugal crescer mais que a média da União Europeia durante a próxima década.

Catarina Martins avisa que contas do PS não chegam para aumentar função pública

A coordenadora do BE, Catarina Martins, considera que o programa do PS é ambíguo e com números mal explicados, avisando que as contas socialistas não chegam para a atualização salarial à taxa de inflação prometida para os funcionários públicos.

Assunção Cristas e André Silva em debate (quase) crispado

Ao contrário do que vem sendo a regra, o debate entre a líder do CDS e o dirigente do PAN não foi cordato. Os dois protagonistas desentenderam-se em praticamente todos os assuntos.
Recomendadas

Passes, energia renovável e eficiência. Os truques de Medina para combater as alterações climáticas

“Olhando para os dados, os últimos anos foram os mais quentes de que há registo”, afirmando que esta é uma das realidades mais visíveis no nosso país, que tem enfrentado secas extremas, incêndios e cheias.

Alterações climáticas: Lisboa ameaçada por cheias, seca, subida do nível do mar e calor excessivo

“A erosão continua, o calor excessivo aumenta, a seca meteorológica vai aumentar na zona de Setúbal e as cheias vão atacar o Tejo”, especialmente na região em que o Governo está a planear construir o aeroporto do Montijo, alerta especialista.

PremiumEx-secretário de Estado orienta reestruturação financeira do CDS-PP

Leonardo Mathias, antigo ‘número dois’ de Pires de Lima, foi escolhido para resolver situação financeira do CDS-PP. Tem como missão colocar a dívida em níveis geríveis, afastando-a o máximo que possível dos dois milhões.
Comentários