“António Costa poderia dizer que o sol roda em volta da terra que ninguém acredita”, afirma Albuquerque

O governante reagia à vinda de António Costa à Madeira. Miguel Albuquerque espera que nesta visita o primeiro-ministro cumpra com aquilo que prometeu relativamente aos baixar dos juros do empréstimo.

Foi em tom de apreensão que Miguel Albuquerque, presidente do Governo Regional, reagiu à vinda de António Costa à Madeira. “Ele poderia dizer que o sol roda em volta da terra que ninguém acredita”, afirmou o governante. O líder do executivo madeirense acrescentou que espera que nesta visita do primeiro-ministro à região autónoma este dê cumprimento à promessa relativa ao baixar dos juros do empréstimos, e ainda a desenvolvimentos em dossiers como a ligação marítima e o subsídio de mobilidade.

Albuquerque falava durante a inauguração do Centro de Saúde da Camacha uma obra que a par de outras que decorrem em seis centros de saúde na Madeira pretendem beneficiar “a prestação de cuidados de saúde no âmbito da medicina familiar quer dos serviços de acompanhamento”.

O líder do executivo madeirense espera ainda que as obras no Centro da Saúde da Calheta arranquem o mais depressa possível.

“O Centro de Saúde da Calheta está em vias de adjudicação. Preparamos o projeto. Estamos a seguir os procedimentos legais”, referiu o governante.

Relacionadas

Albuquerque garante que vai avançar com Novo Hospital e que a Madeira “não pode ficar à espera de aldrabices e jogos políticos”

O governante diz que a Madeira está a ser “constantemente vigarizada” pela esquerda no Continente. Miguel Albuquerque afirma que já “não acredita em nada” do que o executivo central diga sobre o Novo Hospital.
Recomendadas

Rui Rio diz que o Governo socialista engana permanentemente os portugueses

“O grande engano é quando nos vendem uma situação económica de quase milagre económico e depois todos descobrimos que não pode fazer isto e aquilo porque não têm meios”, disse Rui Rio, no encerramento do XVII Congresso do PSD/Madeira, no Funchal, em que Miguel Albuquerque foi reeleito presidente.

“Trabalhar na hotelaria não é sexy”, defende gestor hoteleiro

Num painel sobre formação em turismo, André Barreto, gestor hoteleiro e economista, explicou que “não está na moda” por exemplo ser recepcionista enquanto que outras áreas do turismo como barman e cozinheiro têm ganho outro destaque.

Dívida Pública da Madeira cresce 3,6% do segundo para o terceiro trimestre de 2018

No ano de 2017 a dívida registou o valor mais alto dos últimos 10 anos. A dívida apresentou uma subida de 5,8% entre o segundo trimestre de 2017 e 2018.
Comentários