António Costa sobre OE2019: “Reduz défice, dívida e aumenta investimento público”

Primeiro-ministro apresentou o OE2019 aos deputados socialistas e não poupou elogios ao documento: “este Orçamento melhora a vida dos portugueses”.

Reuters

O primeiro-ministro reuniu hoje com o grupo parlamentar do Partido Socialista para apresentar a proposta de Orçamento do Estado de 2019 e reforçou a convicção de que este documento vai permitir a Portugal “reduzir défice, dívida e aumentar o investimento público”.

Ladeado por Pedro Nuno Santos e Carlos César, António Costa manifestou a crença de que “este Orçamento melhora a vida dos portugueses” e que vai permitir que Portugal continue a crescer na média da União Europeia.

O primeiro-ministro fez uma passagem pelas várias medidas do documento e nesta resenha, deu destaque à redução das tarifas de transporte público, uma medida que, recordou Costa, “vai custar 83 milhões de euros e que abrange as áreas metropolitanas de Lisboa e Porto”.

Recomendadas

Petróleo rendeu ao Estado angolano quase 10 mil milhões de euros em 2018

Angola exportou em todo o ano de 2018 um total de 536.836.904 barris de crude, a uma média de 70,34 dólares por cada barril, contra uma previsão, inscrita no OGE, de 620 milhões de barris e uma estimativa de 50 dólares cada.

Marcelo convida Lagarde para próxima reunião do Conselho de Estado

A convite do Presidente da República, diretora do FMI vem a Portugal discutir as repercussões mundiais do ‘Brexit’.

Parlamento Europeu aprova fundo de 700 mil milhões de euros para investimentos na UE até 2027

Previsto está agora que o InvestEU “mobilize mais de 698 mil milhões de euros de investimentos públicos e privados na UE entre 2021 e 2027, acima dos 650 mil milhões indicados na proposta da Comissão Europeia”, acrescenta o Parlamento Europeu.
Comentários