António Costa: “Termos garantido que ninguém tenha morrido é extraordinário”

Primeiro-ministro acompanhado do ministro adjunto Pedro Siza Vieira falou sobre os incêndios que na última semana queimaram milhares de hectares na região de Monchique.

António Cotrim/Lusa

O primeiro-ministro António Costa e o ministro adjunto Pedro Siza Vieira chegaram esta sexta-feira a Monchique, para fazer um primeiro balanço dos prejuízos que resultaram dos incêndios naquela localidade.

Em declarações à imprensa, António Costa realçou o trabalho das autoridades no combate às chamas. “A prioridade das prioridades é a salvaguarda da vida humana. Termos garantido que ninguém tenha morrido é extraordinário”, referiu o primeiro-ministro, antes de se reunir com os autarcas de Monchique.

António Costa elogiou também o papel da Guarda Nacional Republicana (GNR) nas operações de resgate aos habitantes das localidades de Fóia, Pedreira e Enxerim. “A GNR desempenhou uma missão que lhe estava confiada, muito delicada e difícil. Uma casa é sempre reparável, uma vida humana é irreparável”, afirmou António Costa, sublinhando que, “possa ter havido algum exagero”.

Os incêndios de Monchique, que assolaram a localidade durante a última semana, foram dados como extintos esta sexta-feira.

Relacionadas

Incêndios: Chamas dominadas mas ainda nao se pode baixar os braços

A segunda comandante operacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Patrícia Gaspar, deu hoje o incêndio que lavra há uma semana em Monchique como dominado, mas sublinhou que ainda não é o momento de cruzar os braços.

Incêndios: Chamas em Monchique já queimaram perto de 27 mil hectares

O incêndio que deflagrou na sexta-feira em Monchique já destruiu perto de 27 mil hectares, segundo a última atualização disponibilizada pelo Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais (EFFIS).

Incêndios: Fogo que deflagrou em Monchique “globalmente estabilizado”

O incêndio que deflagrou na sexta-feira em Monchique, no Algarve, está “globalmente estabilizado”, informou hoje, ao início da noite, a 2.ª comandante operacional nacional da Proteção Civil, Patrícia Gaspar.
Recomendadas

Exclusivo JE: Daniel Ferro é o novo presidente do Centro Hospitalar Lisboa Norte

Carlos Martins, Presidente do Centro Hospitalar e Universitário de Lisboa Norte, será substituído à frente da instituição por Daniel Ferro, presidente do Conselho de Administração do hospital Garcia de Orta, apurou o Jornal Económico.

Michel Barnier ouviu Conselho de Estado sobre o Brexit

O debate não é tornado público, mas a Presidência da República adiantou que Barnier teve oportunidade de ouvir António Costa sobre o plano de contingência nacional.

António Sá da Costa nega existência de “rendas excessivas na eletricidade renovável”

Em audição na Comissão Parlamentar de Inquérito ao Pagamento de Rendas Excessivas aos Produtores de Eletricidade, o presidente da APREN defendeu que “os investimentos na eletricidade renovável trouxeram grandes benefícios para a economia e para o cidadão”.
Comentários