ASAE detém 24 pessoas por especulação na venda de bilhetes para os U2

Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) andou sete meses a investigar a venda de bilhetes, no mercado paralelo, para os concertos dos U2.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) deteve 24 pessoas em vários pontos do país por crime de especulação na venda de bilhetes para os concertos dos U2, que atuam hoje e segunda-feira em Lisboa.

Em comunicado hoje divulgado, a ASAE conta que os bilhetes eram publicitados em diversos sites de anúncios na internet. Foram apreendidos 64 bilhetes com valores unitários faciais que variam entre os 37 e os 338 euros que eram transacionados por valores que oscilavam entre os 150 e os mil euros, permitindo aos vendedores a obtenção de percentagens de lucro acima dos 900%, descreve aquela entidade de fiscalização.

“Como resultado desta ação, foram detidos 24 indivíduos, em flagrante delito, em vários pontos do país, pela prática do crime de especulação sobre o valor de venda oficial de bilhetes para os concertos”, refere a autoridade.

Os arguidos detidos foram presentes a tribunal, tendo sido aplicadas suspensões provisórias de processo, mediante entrega de valores a Instituições Particulares de Solidariedade Social ou prestação de trabalho comunitário.

Recomendadas

FinTech: das finanças pessoais à análise de risco

Produtos digitais cobrem a indústria financeira. A inteligência artifical tanto apoia no ‘backoffice’ como recomenda estratégias de investimento.

Ex-presidente da Nissan pode vir a ser detido mais uma vez esta segunda-feira

A detenção deve acontecer na próxima segunda-feira, altura em que o atual período de detenção por suspeita de ter desviado cinco milhões de dólares (cerca de 4,4 milhões de euros) termina.

FinTech provocaram a disrupção da cadeia de valor da banca

Parece consensual entre ‘experts’ que o futuro dos bancos passa por entrarem nas ‘apps’ do telemóvel e que as FinTech vão ser os seus parceiros da inovação tecnológica.
Comentários