Assembleia da Madeira discute voto de protesto contra falta de segurança nas levadas

O voto de protesto é apresentado pelo PTP, que diz que a falta de sinalética e informação em alguns percursos têm sido factores de risco que contribuem para a falta de segurança nas levadas da Madeira.

O plenário da Assembleia Legislativa da Madeira tem programado para esta terça-feira a discussão de um voto de protesto, apresentado pelo PTP, contra a falta de segurança nas levadas regionais.

Os trabalhistas defendem que as levadas são um dos grandes atractivos da Madeira mas que o aumento do número de turistas a circular nestes locais tem levado a cada vez mais acidentes.

Para o PTP para além das condições naturais o erro humano tem sido uma das causas para esses acidentes nas levadas da madeira que o partido justifica, no seu voto de protesto, como “fruto do desconhecimento, falta de preparação ou até excesso de confiança”.

A falta de sinalética e de informação, os deslizamentos de terra e a queda de rocha, que no entender do PTP constituem factores de risco nas levadas da Madeira.

O partido considera inaceitável a maneira como são geridos e mantidos os percursos pedestres junto às levadas da região.

Recomendadas

JPP acredita que Governo “está no bom caminho” seguindo os seus conselhos

O líder parlamentar do JPP, aproveitou a ocasião para questionar sobre documentos solicitados pelo partido, que ainda estão por entregar. Élvio Sousa refere-se a pareceres económicos de transporte marítimo da Universidade Católica e outros relatórios de concessão de serviços públicos de transporte de passageiros entre a Madeira e o Continente, bem como relatórios do Porto do Funchal.

Governo lança selo para comemorar os 20 anos da Floresta Laurissilva

O grupo proprietário do Centro Comercial La Vie, Wider Property, associou-se a estas comemorações, através do seu projeto de sustentabilidade ambiental “Go Green”. Presta uma homenagem à floresta nativa da Madeira, divulgando e promovendo esta iniciativa no seu espaço comercial.
Comentários