Assembleia da Madeira formaliza pedido para Marcelo estar na Região a 10 de junho

O presidente da República já acusou a recepção do convite. O chefe de Estado diz que a sua presença na Madeira estará dependente do parecer de António Costa, primeiro-ministro.

Cristina Bernardo

A Assembleia Legislativa da Madeira formalizou o pedido para Marcelo Rebelo de Sousa, presidente da República, estar presentes nas comemorações do 10 de junho na Região Autónoma.

A vice-presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, Fernanda Cardoso, referiu nas conclusão da reunião de líderes da Assembleia Regional, de que o presidente da República já acusou a recepção desse convite, mas que a sua presença está dependente do parecer de António Costa, primeiro-ministro.

“Aguardamos com grande expectativa o que será o parecer de António Costa e a decisão final do presidente da república”, disse Fernanda Cardoso.

A reunião de líderes marcou ainda várias sessões plenários e o debate mensal como o Governo Regional.

Recomendadas

Candidatura do Porto Santo a Reserva da Biosfera já entrou em período de auscultação pública

Antes da data de 22 de abril está prevista uma sessão de esclarecimento dos documentos disponíveis.

Governo Regional acusa vereadora do Funchal de “distracção ou falta de vontade política” sobre Parque Ecológico

A vereadora Idalina Perestrelo tinha apelado a que o executivo regional realizasse uma intervenção na zona do tampão verde de modo a prevenir os incêndios. O Governo Regional respondeu dizendo que tem feito esse trabalho através da faixa corta-fogo, da plantação de plantas no Pico dos Esteios, do projecto florestal para o Montado da Esperança, para além da reflorestações que têm sido feitas.

Rafael Macedo acusa alguns colegas de “forte neglicência” e de fornecerem tratamentos não adequados

O coordenador da unidade de medicina nuclear disse ainda que alguns serviços do Serviço Regional de Saúde funcionam “muito mal”.
Comentários