Assista hoje às 17h a uma JE editors Talks sobre marketplaces digitais

Não perca uma conversa em direto sobre a posição dos marketplaces digitais como os novos ambientes transacionais de eleição, esta tarde, às 17h00.

 

Os marketplaces digitais estão em franco crescimento, tanto no número de plataformas a operar como no número de utilizadores e comerciantes. Por detrás destas plataformas estão intrínsecas redes de transações e pagamentos que asseguram a fluidez das operações, mas sobretudo a segurança e a validade das mesmas, garantido a confiança do marketplace junto dos consumidores e vendedoras.

Esta tarde poderá assistir à JE editors Talks: Os marketplaces digitais como os novos ambientes transacionais predominantes, produzida em parceria com a easypay.

Ao longo desta conversa vamos poder perceber como é lançado e mantido um marketplace digital, mas sobretudo como funcionam estas redes transacionais que o suportam e as exigências legais, técnicas e comerciais que têm de estar em prática para o sucesso de um marketplace.  Contaremos nesta iniciativa com a presença de Pedro Fortes da Cunha, Sócio e Advogado da Fortes da Cunha Associados, Sebastião de Lancastre, Fundador e CEO da easypay e Paulo Pimenta, Owner e CEO do KuantoKusta.

Poderá assistir em direto, a partir das 17h00, no Facebook e na JE TV do Jornal Económico.

 

 

Este conteúdo patrocinado foi produzido em colaboração com a easypay.

Ler mais
Recomendadas

Assista amanhã à JE editors Talks: Contabilistas Certificados

Esta sexta-feira, às 15h00 não perca uma conversa sobre os desafios atuais e as prespectivas para o futuros dos Contabilistas Certificados.

44% dos portugueses já escolhe investimento sustentável

O investimento sustentável ganha relevância entre os portugueses e os gestores de ativos têm um papel fundamental, tanto na criação como na partilha de soluções capazes de gerar valor sustentável – económico, ambiental e social.

Veja agora a JE editors Talks: Quem é Quem nas TIC

Saiba quais as perspectivas de algumas empresas do setor das TIC quanto a uma possível retoma económica, tanto no mercado nacional e internacional.
Comentários