Autor
Bernardo Theotónio-Pereira, Gestor
Artigos

E amanhã que País seremos?

Para além de todas as politiquices e da criação deste ambiente de pânico generalizado, continuamos a reagir em vez de prever e de planear. Falta-nos uma Estratégia Nacional clara, inequívoca, mobilizadora e transparente.

Portugal precisa de mais

Fará sentido, nesta hora, e em face das alternativas apresentadas, fragilizarmos o actual e futuro Presidente? Penso que não. Mas importa continuar a construir a mudança real já nas eleições autárquicas e depois nas legislativas.

50 dias

Estamos há 50 dias a viver uma guerra inimaginável!