Autor
Conceição Pequito, Professora de Ciência Política no ISCSP-UL e Investigadora no CAPP- ISCSP
Artigos

Será a democracia uma causa perdida? Paradoxos de uma invenção imperfeita

Numa democracia madura, facilmente escrutinável e assente em sólidos valores éticos, ser filiado num partido não deveria constituir uma vantagem essencial, nem um obstáculo, para se alcançar um lugar de direção no topo do Estado ou um lugar público eletivo. Não deveria ser, mas em Portugal, é um ativo importante, para não dizer decisivo!