Autor
Eduardo Leite, Ph.D. em Gestão e Professor na Universidade da Madeira
Artigos

A época do homem: O desafio do desconhecido

Sabemos, apesar de tudo, que a humanidade está a entrar numa nova fase de relacionamento com as máquinas, marcada pelo papel preponderante das tecnologias na gestão e na execução das atividades diárias do homem, ajudando-o a transcender as suas limitações físicas e intelectuais.

As mudanças e os riscos latentes

É urgente adotar comportamentos de sustentabilidade, conciliando o desenvolvimento socioeconómico com a proteção dos ecossistemas, por forma a garantir qualidade de vida às pessoas.

A quarta revolução industrial

O termo revolução deriva da palavra latina revolutione, o que, em abstrato, significa causa de mudança profunda, originando uma nova ordem instituída pelas forças dominantes, em desfavor dos vencidos.

Os desafios económicos do Antropoceno

Ilustrando, segundo o relatório “O Estado do Mundo”, publicado pelo The Worldwatch Institute, nos últimos 50 anos o consumo cresceu 6 vezes, ao mesmo tempo a população cresceu apenas 2,2 vezes. Por outras palavras, equivale a dizer que o consumo por pessoa cresceu 3 vezes nos últimos 50 anos. Assim, viveram-se séculos no pressuposto que os recursos do Planeta eram ilimitados e que a população mundial poderia crescer e consumir indiscriminadamente a uma escala superior, sendo tudo isto movido a energia fóssil, o petróleo, considerada uma fonte inesgotável.

Quais os principais desafios da RAM para 2019?

Prevejo para a Região Autónoma da Madeira (RAM), não apenas para 2019, como para os anos mais próximos, dois grandes desafios: i) consolidação de um modelo de desenvolvimento económico baseado na informação e no conhecimento; ii) transposição e implementação prática de programas de sustentabilidade.

Tempos de empreendedorismo

Presentemente os empreendedores têm eventos dedicados, como o Web Summit, condições propícias para apresentarem e desenvolverem as suas ideias de negócio nas centenas de Startups e Incubadoras distribuídas pelo país, investidores que os reconhecem e confiam nas suas competências, entre outras vantagens.
Ver mais artigos