Autor
Eduardo Teixeira, Economista e Deputado à Assembleia da República
Artigos

O Orçamento que Portugal precisa

Este é, sem margem para hesitações, o OE mais arriscado de sempre, sem grande racionalidade, sem segurança financeira e com muita despesa desnecessária.

Exportar e captar

Para se tornar forte e competitiva, a economia nacional necessita de financiamento, o que não deve significar mais endividamento, e da criação urgente de mecanismos de capitalização empresarial.

Nuvem de fumo orçamental

Tanta teatralidade à esquerda, com anúncios de crise política, não tranquiliza nem robustece a confiança das pessoas na atividade política para além do resultado da votação do Orçamento.

Resiliência nacional

As empresas não precisam de mais endividamento. Precisam de capital para sobreviverem e poderem reestruturar-se e investir, mantendo os empregos e a retribuição salarial com valorização.

O que é nacional é bom…, mas, e o plano?

Num contexto de regresso das famílias às rotinas possíveis, aos postos de trabalho e às atividades letivas, num enorme esforço coletivo de superação, surgiram as estatísticas relativas a todas as atividades do setor do Turismo em julho

Avaliar, cuidar e agir

Após uma interrupção superior a dois meses e em novo formato anunciado em agosto, foram retomadas esta semana as apelidadas “reuniões do Infarmed”, que se destinam a avaliar a evolução epidemiológica da Covid-19, com a presença de decisores políticos, parceiros socias, técnicos especialistas e investigadores das mais diversas entidades
Ver mais artigos