Autor
Fernando Pacheco, Economista
Artigos

Mate-se o Dantas

O Reino Unido vai ser o exemplo de coligação negativa nos manuais de Ciência Política: juntar trabalhistas e conservadores contra o governo já é difícil, agora juntar ‘brexiters’ ferrenhos e opositores ao divórcio da UE é obra.

Deus Dará

Em 2019 teremos pela primeira vez uma União Europeia com os quatro (por enquanto) maiores países com incerteza acrescida.

Um problema dos diabos

Este sábado decide-se no congresso anual quem substitui Merkel à frente da CDU. As consequências a curto prazo vão muito para além das fronteiras da Alemanha.

Mais do mesmo

A guerra comercial que se desenha entre EUA e China está para ficar, e a probabilidade de algum tipo de acordo a poder evitar é praticamente nula.

O nome é Merkel, Angela Merkel

Com o seu pragmatismo, Merkel deu um contributo único para a estabilidade europeia no período atribulado que atravessámos, e que ainda não acabou. Dizia o Financial Times que a Europa vai sentir a falta dela.

‘No pasa nada, Italian style’

Para a Comissão, a situação é complexa: se um diferendo com a Itália representa um risco para o sistema financeiro europeu e para o euro, também não pode permitir que o ‘crime compense’.
Ver mais artigos