Autor
Francisco Seixas da Costa, Embaixador
Artigos

Uma nova diplomacia?

Creio não ser muito clara, para muita gente, a importância da Assembleia Geral (AG) anual da Organização das Nações Unidas (ONU) que, por esta altura do ano, tradicionalmente se iniciava em Nova Iorque

O estrangeiro próximo

A Guerra Fria suspendeu a História por algumas décadas. Desde que acabou, num registo de humilhação para Moscovo, a Rússia criou, em seu torno, um mundo de Estados com os quais mantém uma tensa e diferenciada expressão do seu poder.

A vida como ela está

Os dias estão espessos. Por muito que os tentemos normalizar, que nos esforcemos para nos adaptar às novas rotinas, todos já percebemos que, ao contrário de alguma ilusão que existisse no início da crise pandémica, não há a menor ideia de até quando as coisas podem ter de permanecer assim.

Na hora de Centeno

Foi António Costa quem tomou a decisão de cumprir estritamente os compromissos europeus a que Portugal estava ligado.

O Portugal de que gosto

Nesta crise, senti um grande orgulho em ser português ao assistir ao gesto nobre, unilateral, do Governo do meu país de legalizar todos os indocumentados estrangeiros.

Saudades do Pacto de Estabilidade

Os mercados não são nem europeístas nem solidários. De momento, estão relativamente quietos, porque todos os Estados estão ainda no mesmo barco.
Ver mais artigos