Autor
João Palma Ferreira
jferreira@jornaleconomico.pt
Artigos

PremiumBrisa lembra que concessões disputadas por fundos são do Estado

Brisa sente desconforto com a situação dos fundos que compraram a dívida da Brisal e da Douro Litoral. Está traçado o caminho para um contencioso.

PremiumPereira Coutinho vende SIVA sem receber um euro

Quatro bancos chegaram a acordo de princípio com a Porsche Salzburg para um ‘haircut’ da dívida do Grupo SAG, o que viabilizará a venda da SIVA de forma a tornar a operação financeiramente sustentável.

Investimento produtivo é aquele que permite um crescimento em valor superior, diz presidente do COMPETE 2020

As soluções de investimento estão adaptadas às necessidades das empresas, mas o mais importante é ter em conta que o investimento tem de seguir uma orientação “para que as empresas cresçam criando valor acrescentado”, frisou o presidente do COMPETE 2020.

Crédito vencido disparou 522% entre 2007 e 2015 e é um entrave ao crescimento do investimento nas empresas

Em 2007, o crédito vencido era de 1.487 milhões de euros e disparou 522% até atingir o pico em 2015, ascendendo aos 12.537 milhões. António Ramalho disse que enquanto o crédito vencido se mantiver muito elevado, será difícil para a banca financiar investimento nas empresas.

António Ramalho: “Para crescermos a 2,2% nos próximos cinco anos teremos de duplicar o investimento”

O investimento médio dos últimos 5 anos em Portugal é de 4,7%. Mas, para alcançar a meta proposta pelo FMI e manter um crescimento sustentável do PIB de 2,2% ao ano até 2022, Portugal precisa de aumentar o investimento para 8,5%, quase o dobro da média dos últimos cinco anos.

Conta Geral do Estado de 2017 tem omissões de 134,29 mil milhões de euros no stock de dívida e na carteira de ativos financeiros

Parecer do Tribunal de Contas à Conta Geral do Estado de 2017 inclui novamente uma grande lista de observações, reservas, correções financeiras e recomendações. Está por chegar o dia em que as contas do Estado serão imaculadas.
Ver mais artigos