Autor
João Paulo Gomes, Advogado, CMS RPA
Artigos

A política em Portugal: No que é que nos tornamos e para onde caminhamos?

Abstractamente, a política deveria ser um acto de abnegação, ou seja, a classe política deveria ser composta por um conjunto de indivíduos que, de forma livre e desinteressada, dedicam a sua vida a servir o povo Português e a melhorar a vida dos cidadãos, sendo esta a génese do que deveria ser o exercício de cargos públicos – saber servir e fazê-lo de forma desinteressada e acima de tudo em prol do bem público (de todos nós).

A dívida pública nacional acaba de bater novo recorde em Maio e ninguém diz nada?

Trocando por uma linguagem simples, o que o relatório do Banco de Portugal vem dizer sobre Portugal, é o equivalente hipotético de um cidadão normal, que tem dívida de crédito habitação e carro, ver o seu salário aumentar temporariamente e em vez de pagar ou reduzir as dívidas que tem, esta pessoa dedica-se a gastar o seu novo salário e ainda contrai novas dívidas.

Joe Berardo: De bestial a besta? Ou será bode (expiatório)?

Na comissão de inquérito Joe Berardo disse com todas as letras aos deputados que foram os bancos que o contactaram e foram estas que quiseram apoiar estas operações.

Quando a tragédia nos bate à porta…

Muito foi dito e escrito sobre as causas, origens, extrapolações e imputações de responsabilidades sobre o acidente, mas não queria passar em claro e deixar de apontar algo que me parece que reuniu consenso em todos os quadrantes – a forma absolutamente superior como as autoridades regionais lidaram com este acidente.

O “Ataque” ao Centro Internacional de Negócios da Madeira e a Arte de Portugal dar tiros nos seus próprios pés

Chegamos a um ponto em que é necessário solidificar as linhas de defesa do nosso regime e de uma vez por todas, juntos e sem hesitações, empreendermos uma defesa feroz e intransigente do CINM e introduzir um lobby eficaz e permanente, quer junto das instituições comunitárias, mas também a nível nacional.

Caixa Geral de Depósitos – Mas afinal o que se passou?

Continuam a não haver nem respostas nem responsáveis para perguntas e questões que os portugueses têm o direito de saber – Houve um “regabofe de meia noite” na CGD com muitos milhões de euros a serem desbaratados em créditos concedidos que não foram pagos? Afinal o que se passou na CGD e para onde é que foi o nosso dinheiro?
Ver mais artigos