Autor
João Reis, Investigador em Finanças e ativista do Climáximo
Artigos

Subsidiodependência fóssil

A política energética é ditada pela intervenção do Estado. Falta ainda uma escolha democrática para decidir qual é a queremos ter.

O petrokeynesianismo

É necessária uma intervenção do Estado na economia, mas resta saber para quê. Se para investir numa infraestrutura que sirva a população ou se para colossos inoperacionais.

TAP, muito para além dos aviões

O futuro da TAP tem que fazer parte de uma visão de futuro para os transportes ancorada numa transição energética justa, da qual ainda não vimos ações governamentais concretas.

Nova cara, o plano de sempre

A transição energética que não deixe ninguém para trás foi sendo adiada por alegada falta de fundos e de possibilidade do Estado intervir na economia. Agora há fundos e o intervencionismo é obrigatório.