Autor
Jorge Alexandre de Almeida, Engenheiro e Prof. do Ensino Superior
Artigos

Crónica do país distraído

Apesar da importância do rigor nas contas públicas, a degradação de todos os indicadores económicos, nos próximos trimestres, é inevitável. Mas os desafios do país não se podem confinar às contas públicas. Onde fica a ambição e o futuro? Estes desafios só podem ser respondidos com exigência, determinação e mudança de paradigma.

A equação de Costa

Num momento de emergência, não há públicos preferenciais, há portugueses. E leis que se aplicam a todos. Assim, não se percebe as autorizações especiais para as comemorações do 1º de Maio.

União Europeia, a prova dos 27

Do ponto de vista político e diplomático, caso a UE e o BCE não consigam encontrar soluções para ajudar, é a sua própria existência que fica em causa.

A (in)segurança do Estado

A segurança dos cidadãos e, em particular, aqueles que servem o Estado, representando-o, é um pilar da Democracia, porque não pode haver liberdade sem segurança.

A prodigiosa viagem de Sir Scruton

Scruton sabia que um livro era uma “arma” e nesse sentido ajudou e deu muitas “armas” a quem delas precisava, no tempo certo. Tal como foi um homem do seu tempo, de uma direita assumida, conservadora, tolerante e decente.

Orçamento do Estado: o olhar de Centeno

O OE não traz rigorosamente nada de novo sobre a relação dos portugueses com o Estado, que continua perversa, ano após ano.
Ver mais artigos