Autor
José Carlos Lourinho
jlourinho@jornaleconomico.pt
Artigos

“Não queremos externalizar investimento público”. António Costa faz apelo a empresas de construção nacionais

“A indústria da construção tem vindo a fazer um esforço muito sério na renovação e na procura de mercados internacionais. É fundamental, e digo-o sem nenhuma lógica protecionista, que este forte esforço de investimento público não seja externalizado para outras empresas. Queremos fortalecer e muscular as nossas empresas de construção”, garantiu o primeiro-ministro.

Ministra da Agricultura anuncia que vão ser canalizados 750 milhões para o regadio

Esta governante realçou os três eixos estratégicos que vão ser abrangidos por estes programas: adaptação do território, recursos e capital natural e infraestruturas e equipamentos resilientes. Os dois programas terão um valor alocado de 750 milhões de euros.

“Confinamento? São medidas que deveriam ser aplicadas a outros concelhos”, aponta autarca de Felgueiras

“São medidas que deveriam ser aplicadas a outros concelhos e que vêm no seguimento das projeções para os próximos dias relativamente ao número de infeções nestes concelhos. Guimarães por exemplo tem muito mais casos”, realçou este autarca.

Aprovado decreto para dispensa de taxas moderadoras no SNS

Esta nova dispensa de cobrança de taxas moderadoras no SNS está relacionada com “os exames complementares de diagnóstico e terapêutica prescritos no âmbito da rede de prestação de cuidados de saúde primários e realizados fora do SNS”.

Governo proíbe circulação entre concelhos entre 30 de outubro e 3 de novembro

Face à situação epidemiológica do país, o Governo aprovou a proibição de deslocação entre concelhos entre 30 de outubro e 3 de novembro.
Mariana Vieira da Silva

Governo decreta limitações para os concelhos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira

“Para Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira, foram aprovados o dever de permanência no domicílio com exceção de um conjunto de atividades à semelhança do que já tinha acontecido no passado para as 19 freguesias de Lisboa: trabalhar, frequentar a escola e outras atividades”, começou por referir a ministra Mariana Vieira da Silva.
Ver mais artigos