Autor
José Filipe Pinto, Professor Catedrático
Artigos

O sempre-em-pé

O uso de máscara, o distanciamento físico e a etiqueta respiratória são só para inglês ver e português respeitar. Neste caso concreto, de nada serve os partidos exigirem a demissão do ministro.

Rui Rio chega-se ao Chega

Rui Rio dispõe de uma estratégia. Mas André Ventura também sabe as vantagens que pode vir a colher, bem como os riscos que corre se aceitar integrar o sistema que afirma combater.

A liberdade não tem dono

Alegre colocou o dedo na ferida ao denunciar o “bloco central de interesses que captura o Estado”. Aquele que esfrega, gulosa e impacientemente, as mãos à espera da bazuca anunciada por António Costa.

Quase meio século depois de Abril

No próximo domingo passam quarenta e sete anos desde que um golpe de estado, no mesmo dia transformado em revolta militar, decidiu que era tempo de derrubar o Estado Novo

A Constituição e as várias lentes

Como a História mostra, as revoluções nascem para fazer constituicões que, uma vez aprovadas, matam as revoluções e instituem uma nova ordem.

Macau e a liberdade aparente

A China não pactua com notícias que coloquem em causa a política de Pequim. Por isso não vai tolerar por muito tempo que a Associação dos Jornalistas de Macau afirme que os jornalistas não são instrumentos de propaganda.
Ver mais artigos