Autor
José Varela Rodrigues
jrodrigues@jornaleconomico.pt
Artigos

Governo vai promover “reavaliação rápida” da oferta da TDT tendo em vista a oferta de mais dois canais privados

A oferta dos canais da TDT deveria ter sido reforçada em 2019 com dois novos canais privados, mediante atribuição de licenças de emissão. Esta segunda-feira, o secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva, contou, em duas comissões parlamentares, que o Governo só tomará uma decisão depois de reavaliar a oferta da TDT, tendo em vista as alterações no panorama televisivo em Portugal.

Nuno Artur Silva: “Estamos a analisar a hipótese de antecipação da indemnização compensatória da Lusa”

Até novo contrato vigora ainda em 2020 o contrato de prestação de serviço público entre a agência e o Estado de 2019. O prolongamento do contrato da Lusa por um ano ainda aguarda aprovação do Tribunal de Contas.

Governo considera proposta do BE para taxar plataformas como a Netflix “completamente deslocada”

Bloquistas propõem que as plataformas de ‘streaming’ passaem a contribuir para o financiamento público do audiovisual e cinema português, por via de uma taxa que já é aplicada a empresas como a Meo, NOS e Vodafone. Por causa da transposição de uma diretiva europeia, Governo não vai acolher proposta do BE.

BCP, CTT, Jerónimo Martins e EDP pressionam PSI 20

Na bolsa portuguesa, nove empresas cotadas valorizam, quatro desvalorizam e cinco negoceiam sem variação. Em terreno positivo, destaque para a Altri, que acelera 3,01%, para 6,33 euros.

5G é ponto de viragem para o setor e para a economia nacional

Regulador vê uma oportunidade para abrir o mercado em benefício do consumidor. 5G só estará ao alcance dos operadores no segundo semestre, mas ofertas comerciais só deverão chegar dentro de dois anos.

Alberto Souto de Miranda: “O desejo é que Portugal tenha duas cidades 5G já em 2020”

Depois de ter pressionado publicamente o regulador das comunicações, em setembro de 2019, o secretário de Estado Adjunto e das Comunicações disse ao Jornal Económico que acredita que o 5G pode chegar a Portugal “sem atrasos”.
Ver mais artigos