Autor
Leonardo Ralha
lralha@jornaleconomico.pt
Artigos

Alqueva: água tem sido utilizada de forma eficiente e ainda está longe de esgotar o seu potencial

Numa apresentação feita durante a conferência, que tinha como tema o “Pacto Ecológico Europeu, do Prado ao Prato” e foi transmitida pela plataforma multimédia da JE TV, o presidente da EDIA, José Pedro Salema enumerou medidas que têm sido seguidas para assegurar uma agricultura sustentável, no quadro do Alqueva, e otimizar recursos.

PCP insiste que Portugal deve dispor de todas as vacinas contra a Covid-19

Jerónimo de Sousa dividiu críticas entre o confinamento, a “banalização do estado de emergência” e as multinacionais da indústria farmacêutica. E disse temer que o processo de vacinação possa enveredar por uma lógica de “salve-se quem puder”.

André Ventura diz que parar o desconfinamento “seria um erro tremendo”

Líder do Chega disse que vai pedir ao Governo mais apoios, “ainda que temporários”, a sectores como a hotelaria, restauração, comércio e ginásios. E defendeu junto de Marcelo Rebelo de Sousa que não se pode parar a reabertura do país “ao primeiro contratempo”.

Com Rt a subir e incidência a descer, Infarmed volta a reunir especialistas, partidos e parceiros sociais (com áudio)

A reunião do Infarmed ocorre numa altura em que o índice de transmissibilidade da Covid-19 se encontra acima de 1, o que pode comprometer a próxima fase de desconfinamento, prevista para a próxima segunda-feira, com a abertura dos restaurantes, lojas e centros comerciais. Marcelo ouve partidos à tarde.

PSD diz que “Operação Marquês” veio reforçar “descrédito da Justiça” e necessidade de reforma

O presidente do PSD, Rui Rio, recusa-se a “cavalgar” nas críticas proferidas após ser conhecida a decisão instrutória do juiz Ivo Rosa e volta a defender que o país precisa de reformar a Justiça. “Se é certo que o regime está muito doente, a Justiça é, dentro dele, o seu pior exemplo”, referiu.

Francisco Louçã defende nova lei contra enriquecimento injustificado

Conselheiro de Estado defendeu nas redes sociais que os últimos desenvolvimentos na Operação Marquês demonstram a falta de “instrumentos competentes” para punir casos de corrupção.
Ver mais artigos