Autor
Lígia Simões
lsimoes@jornaleconomico.pt
Artigos

Simulador de IRS: Saiba quanto vai pagar de imposto em 2019

No próximo ano mantêm-se inalterados os escalões e as taxas de IRS. Sem a atualização ao nível da inflação prevista (1,3%), os contribuintes que estejam nos limites superiores dos sete escalões de rendimento e tenham aumentos salariais no próximo ano, arriscam a subir de escalão e a pagar mais imposto. Veja aqui o seu caso com o simulador da consultora EY.

PremiumAs principais medidas do Orçamento do Estado para as famílias

Entre os descontos nos passes sociais em Lisboa e Porto, os novos prazos para pagamento de IRS e a redução do IVA das cabeleiras para doentes com cancro, eis as principais medidas que afetam as famílias e as empresas.

PremiumSem mexidas nos escalões, contribuintes arriscam pagar mais

A fatura fiscal da generalidade das famílias não vai sofrer oscilações significativas em 2019. Escalões do IRS não são atualizados. Contribuintes com aumento de salário arriscam a pagar mais imposto.

OE2019: Governo vai cobrar mais 640 milhões de euros em impostos

O Governo estima arrecadar 45.635 milhões de euros com impostos em 2019, mais 640 milhões do que estima para 2018, devido a aumentos de receita nos impostos indirectos que garantirão mais 377 milhões de euros aos cofres estatais. A receita prevista com IRS e IRC tem um menor crescimento. E o IVA vai assegurar mais 723 milhões de euros de receita.

OE2019: Prazo de entrega do IRS alargado até junho

Segundo o documento, , a declaração de IRS deve passar a ser “entregue, por transmissão eletrónica de dados, de 1 de abril a 30 de junho, independentemente de este dia ser útil ou não útil”. Atualmente, a declaração de IRS é entregue de 01 de abril a 31 de maio.

OE2019: Banco de Portugal obrigado a comunicar transferências para “offshores”

Com a alteração à Lei Geral Tributária, os bancos ficaram obrigados, a partir deste ano, a enviar essa informação até ao final de março, três meses mais cedo do que faziam até aqui.
Ver mais artigos