Autor
Luís Tavares Bravo, Economista, International Affairs Network
Artigos

A janela do diabo

A mensagem política e a capacidade de dialogar, no sentido de gerar equilíbrios, será crucial para manter a coesão social do país nos próximos seis a oito meses, que poderão ser marcados por várias tensões.

A ascensão do mundo digital

Uma nova economia assente em maior conectividade, desintermediação e tecnologia mais acessível vai espoletar mudanças significativas. Desde logo no que diz respeito aos hábitos de trabalho, mas também irá agravar desigualdades.

O lado perigoso do dinheiro europeu

Os governantes europeus devem resistir às tentações orçamentais eleitoralistas e focar-se na reorganização das economias, apoiando a criação de empregos sustentáveis em sectores com futuro.

Equilíbrios, inovações e ilusões

A proposta do Governo de Orçamento do Estado, sendo uma delicada soma de equilíbrios, revela-se uma resposta mais social e de incentivo ao consumo interno, logo menos reformista e empreendedora.

Agilizar o apoio europeu com transparência

A velocidade de implementação dos fundos será essencial para debelar o impacte social desta crise. Mas importa também, que não se repitam alguns erros do passado.

A inevitável queda de Trump?

Os debates presidenciais costumam ser momentos decisivos e, em 2016, o candidato republicano mostrou ser capaz de os rentabilizar a seu favor. Acresce que os Democratas defendem uma maior carga fiscal em favor de uma agenda verde, o que pode afastar o eleitorado.
Ver mais artigos