Autor
Luís Tavares Bravo, Economista
Artigos

Japonização do euro?

A zona euro partilha algumas das características da economia nipónica, mas ainda se encontram diferenças importantes como a demografia ou a produtividade e potencial de crescimento.

As novas geringonças do centro político

A tentação de optar pelo politicamente populista e imediato, pelo politicamente necessário e pouco visível é grande, e a fatura poderá ser bastante elevada para as futuras gerações.

As duas faces de 2019

Os mercados desenvolvidos têm novamente uma agenda duríssima em termos de ruido geopolítico, mas isso não tem sido suficiente para travar os mercados de risco.

A geopolítica é um novo fundamental económico?

Apesar da retórica política, ou talvez por isso, são as indicações de maior ímpeto do crescimento económico e dos lucros das empresas que terão a principal palavra a dizer. E o que se espera é que a economia mundial continue a crescer, mas de forma mais moderada.

Austeridade silenciosa

Apesar dos progressos, a economia portuguesa não ganhou, nos últimos anos, suficiente resiliência para enfrentar um potencial ciclo de subida de taxas de juro.

Faz de conta que há governo

O Governo perdeu a oportunidade de retirar Portugal da linha de tiro de futuros choques sistémicos e de investir mais na sustentabilidade e capacidade futura do país de gerar, por si, crescimento e emprego.
Ver mais artigos