Autor
Magdalena Sepúlveda, Membro da Comissão Independente para a Reforma da Tributação Internacional das Empresas (ICRICT)
Artigos

A recuperação económica não pode deixar as mulheres para trás

As mulheres correspondem a 43% da força de trabalho nos Estados Unidos, mas representam 56% das perdas de empregos associadas à pandemia. Nos países mais pobres a situação deteriorou-se ainda mais.

As mulheres não devem pagar a conta da pandemia

Vários países em desenvolvimento optam por manter medidas de austeridade fiscal devastadoras, um erro que não podemos permitir. Os campeões da evasão fiscal devem pagar os devidos impostos.

A desigualdade económica e a tributação são questões feministas

O facto de duas mulheres terem iniciado o debate sobre os impostos nos EUA não é uma coincidência. A evasão e a elisão fiscais contribuem muito para a desigualdade de género. E sem justiça fiscal não há igualdade de género.