InícioNotícia escrita porMarco Silva, Consultoria estratégica e de investimentos

Muito honestamente, alguém consegue afirmar que políticas só de uma cor são melhores que a soma das melhores políticas das várias cores? Será que isto não é óbvio?

A nossa “luta” não passa das conversas de café, preferimos ignorar os problemas e esperar por um qualquer D. Sebastião. É sintomático do nosso comodismo e apatia.

Ronaldo é tudo o que não é a nossa classe política. E é um motivo de orgulho, não apenas pelo que consegue em campo, mas pelo que faz antes de entrar no relvado, pela sua dedicação sem limites.

Se o poder político ignora a voz do cidadão para além das eleições, então são necessárias outras medidas de combate ao autismo dos políticos.

Apesar do sentimento negativo reportado com o desempenho na economia, o certo é que o mesmo estudo revelou que Portugal é dos países mais satisfeitos com o governo.

Os deputados eleitos têm a missão de representar os eleitores na execução do programa eleitoral por eles apresentado e não representar-se apenas a si mesmos. Seria bom refletir sobre o laxismo com que exigimos a sua responsabilização.

Façam-se ouvir nas reuniões locais dos partidos, mostrem a vossa insatisfação. Pensem por vocês e não sigam uma qualquer cartilha só porque é deste ou daquele lado. Não se deixe levar pela letargia da politiquice.

Fomos os que mais aumentámos os impostos e a dívida. O rendimento disponível é hoje menor que há 12 anos e o novo trabalho é de rendimentos muito baixos.