Autor
Nuno Miguel Silva
nmsilva@jornaleconomico.pt
Artigos

Pedro Soares dos Santos: “É na Roménia que queremos entrar. Temos de saltar a fronteira”

As outras geografias preferenciais para a expansão internacional são os países da América Latina na costa do Pacífico – Peru, Chile, México e Equador.

Grupo Jerónimo Martins vai investir 50 milhões de euros por ano no agroalimentar

Apostas da Jerónimo Martins passam pela produção de laticínios, pecuária e aquacultura. Em solo português, ao longo da costa nacional e no exterior, como em Marrocos. O investimento nesta fileira já chegou aos 350 milhões.

Queiroz Pereira: A nova vida do maior grupo industrial português

Pedro Queiroz Pereira, falecido em agosto do ano passado, ficou para a História como um empresário audacioso, pragmático e visionário. O império que deixou às três filhas fatura mais de dois mil milhões de euros por ano e serão vários os interessados em ‘joias da coroa’ como a Navigator, a Secil e o Hotel Ritz. Mas a família pretende manter os ativos e a estratégia passa por continuar a crescer e a valorizar o património familiar, incluindo por via de aquisições. O grupo deverá, parajá continuar nas mãos do clã, com o apoio de gestores da ‘escola’ McKinsey.

Semapa: pasta & papel dominam exportações, cimentos resistem

No ano passado, a Semapa conseguiu atingir um volume de exportações de 1.664,9 milhões de euros, cerca de 75,8% do volume de negócios global da holding criada por Pedro Queiroz Pereira para a área industrial na pasta & papel (The Navigator Company), cimentos (Secil) e ambiente (ETSA).

PremiumMercadona vai criar entre 7.500 e 12 mil empregos em Portugal

Está prevista a abertura de 150 a 200 supermercados deste lado da Península Ibérica e o grupo espanhol vai empregar 50 a 60 funcionários por cada loja que abrir no nosso país.

Mercadona planeia abrir até 200 lojas em Portugal

“Somos anticentralismo. Queremos demonstrar que o Porto é tão bom como Lisboa. Iremos estar em Lisboa e ficaremos muito contentes quando isso acontecer, mas Portugal não é só Lisboa, tal como Espanha não e só Madrid”, defende o presidente da Mercadona, Juan Roig.
Ver mais artigos