Autor
Paulo Cardoso do Amaral, Professor da Católica-Lisbon
Artigos

Bem-vindo à 4ª Revolução Industrial

Está assim na altura de começar a pensar a sério no futuro de cada ecossistema e no papel de cada empresa atual nesta cadeia de valor desta nova economia. Que serviços deixam de fazer sentido? Que novos serviços vão aparecer?

Então já não posso comprar Teslas com bitcoins?

Qualquer empresa que aceite bitcoins como forma de pagamento está a contribuir para a adoção desta criptomoeda, logo, para a sua valorização. Mas as limitações transacionais da sua blockchain não permitem usá-la em escala.

Afinal as criptomoedas vieram mesmo para ficar

O Banco Central do Reino Unido anunciou há pouco tempo a sua Britcoin; o Banco Central Europeu está a preparar o Euro Digital, e, na China, o Yuan digital já é uma realidade. Será que as CBDC vão reduzir o interesse nas outras criptomoedas?

A importância estratégica e intemporal de Clausewitz

Será que vamos continuar a usar as tradicionais ferramentas de estratégia de negócio, quando é o próprio negócio que pode estar em causa?

A auto-execução ecossistémica e o futuro da blockchain

A independência da blockchain é a garantia de que os seus ‘Smart Contracts’ são executados obrigatoriamente para todos os elementos a ela ligados. É por isso que esta execução é automática.

É urgente legislar sobre os identificadores descentralizados

Não chega criar as funcionalidades para os novos ecossistemas. É preciso que a legislação as aceite para que a economia possa evoluir. @legisladores: talvez esteja na altura de se começar a discutir o assunto?
Ver mais artigos