Autor
Paulo Gonçalves Marcos, Presidente da direção do Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários
Artigos

O lucro espanhol não justifica o sacrifício desnecessário dos portugueses

Esta administração do Banco Santander Totta toma como seu um processo de reestruturação que, na sua forma unilateral, não obedece aos interesses dos trabalhadores portugueses.

O tele, o trabalho e o outro

Se queremos menos pegada ecológica, melhor conciliação entre vida profissional e pessoal, trabalhadores mais produtivos e empresas mais lucrativas, temos que legislar quanto antes sobre o teletrabalho.

A liga dos super gananciosos

No momento em que escrevo, logo no início da semana, a agenda está marcada pelo anúncio da intenção de alguns dos clubes europeus mais notórios em constituírem uma Super Liga Europeia.

A vergonha da República é a outra

O definhamento da Parvalorem, a prosseguir, é um erro – mais um, a juntar a outros – que iremos todos, enquanto cidadãos e contribuintes, pagar.

Vacinas para quem trabalha

Para além dos óbvios profissionais da saúde, tivemos muitos outros trabalhadores a desempenhar funções de suporte críticas. Agora, que sejam vacinados todos aqueles que atendem público em serviços essenciais.

Laborem dignitas

Já é tarde para definir o perímetro dos custos do teletrabalho a ressarcir pelas empresas aos seus trabalhadores. Que são fáceis de quantificar e estimar. Existe, aliás, um precedente, em sede de IRS.
Ver mais artigos