Autor
Paulo Gonçalves Marcos, Presidente da direção do Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários
Artigos

Pensões e fundos: a reforma que faltava

A presença dos sindicatos assegura que os outorgantes dos contratos colectivos se mantêm vigilantes e levam para as ditas comissões de acompanhamento a sua capacidade técnica.

Os prémios, essa coisa não tão maravilhosa

O mecanismo de prémios por desempenho, enquanto instrumento motivacional, há muito que tem sido estudado e teorizado por diversos ramos do saber, mormente pela psicologia social. A sua expressão máxima encontra-se nas equipas de desporto profissional, onde todos percebem como o valor do conjunto pode, em muito, exceder a mera soma de talentos individuais (por […]

A Susana vai perder o cabelo?

Uma abordagem ponderada, equilibrando o trabalho remoto com o presencial, parece ser mais consentânea com a dignidade humana, e fecha a porta a radicalismos e a experiências nunca tentadas.

O primeiro trabalho de Centeno

A um governador do Banco de Portugal pede-se que esteja preparado para uma capitalização pública atempada e fulgurante, se necessário.

Bancários criam valor

A acontecer que o poder político queira liquidar estas empresas de recuperação de créditos, despedindo pessoas e alienando carteiras, é um desfavor para os contribuintes, os cidadãos e os bancários.

BCP parte na frente

O processo de negociações directas, encetado logo nos primeiros dias de Dezembro de 2019, em que três sindicatos bancários se têm sentado para negociar com a administração do Millennium bcp, relativo à revisão para 2020 das tabelas e cláusulas de expressão pecuniária e não pecuniária do Acordo Coletivo de Trabalho, foi apenas brevemente interrompido na […]
Ver mais artigos