Autor
Pedro Gouveia Alves, Presidente do Montepio Crédito
Artigos

Agora é a vez do Portugal genial

Coloco as “fichas” todas na capacidade que as novas gerações de gestores e de empreendedores demonstraram ter resultado da última crise financeira.

A meritocracia em tempo de pandemia

É em situações extremas que se distinguem as organizações que fomentaram uma cultura de meritocracia aliada à tolerância e diversidade. Nunca como hoje precisámos de uma “meritocracia humanista”.

O primado da confiança

Já restam poucas armas para combater as expetativas negativas. E, das poucas que nos restam, a mais eficaz será a preservação da verdade sobre os indicadores da crise sanitária.

O próximo normal

De que vale reabrir em força, se clientes e fornecedores não o fizerem ao mesmo ritmo? Impõe-se refletir sobre a gestão da liquidez da empresa. Reabrir tem custos.

“V” ou a vontade de vencer

Esse “V” vai depender da rapidez com que assegurarmos o regresso à possível normalidade, mas sobretudo à reposição da confiança, a base do relacionamento entre pessoas e da economia.

Que a classe média nunca nos falte

O maior recurso que temos é o da capacidade de trabalho das pessoas. Esse, porém, está fortemente ameaçado com a crise sanitária que atravessamos.
Ver mais artigos